Polícia pula muro e salva grávida que estava sendo agredida com cabo de enxada e chutes na barriga

Os policiais tiveram que pular o muro da residência para contê-lo

A Polícia Militar prendeu na madrugada desta quarta-feira (08) um jovem de 25 anos acusado de agredir uma mulher grávida de 36 anos. Os policiais tiveram que pular o muro da residência para contê-lo.

De acordo com a Ascom do 46º BPM, por volta das 01h30, a Polícia Militar foi acionada a comparecer na antiga Rua Dezesseis, Bairro Jardim Sul em Patrocínio, onde um jovem de 25 anos, havia agredido a companheira de 36 anos.

No local, os militares tiveram que pular o muro para socorrer a vítima. Ela mesma está grávida e apresentava hematomas no braço e perna esquerdos e na cabeça. Segundo ela, foi agredida com o cabo de uma enxada e chutes na barriga.

Ela foi socorrida pela equipe do SAMU. O jovem também se encontrava no local, se apresentava bastante exaltado, sendo realizado sua contenção e condução à Delegacia de Polícia Civil.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

Últimas Notícias