Tanqueiros ameaçam paralisação em Minas Gerais contra aumentos excessivos no preço do combustível

Segundo o presidente do Sindicato dos Tanqueiros (Sindtanque-MG), Irani Gomes, a categoria também está apreensiva após possibilidade de descongelamento do PMPF

Os tanqueiros de Minas Gerais podem realizar uma nova paralisação ainda neste mês por causa dos sucessivos aumentos do combustível. Em entrevista à Radio Itatiaia, o presidente do Sindicato dos Tanqueiros (Sindtanque-MG), Irani Gomes, destacou a categoria também está apreensiva com possibilidade de descongelamento do PMPF, imposto referente ao preço final dos combustíveis.

“As transportadoras de combustível e derivados de petróleo do estado de Minas Gerais receberam neste início de ano como uma bomba a elevação dos preços dos combustíveis. A Petrobras com a sua política de preços vem a cada dia prejudicando esse setor tão importante para a economia do nosso país. O óleo diesel foi elevado 8% e a gasolina foi elevada 4,85%”, destacou.

Conforme o presidente do Sindtanque, o PMPF ainda pode ser descongelado pelos governadores. “Fazendo isso as alíquotas ficarão mais altas ainda. Nós estamos aqui pedindo a sensibilidade do governo estadual e do governo federal que venha olhar para essa categoria tão importante para a economia do país. Se não fizerem nada, não restará outra alternativa, senão pararem com as nossas atividades”, finalizou.

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
realista
4 meses atrás

Alucinações dos bolsonaristas 2018: Bolsonaro eleito 2019: Índices de criminalidade caem vertiginosamente 2020: Dólar valendo 2,00 reais 2021: Seguradoras em crise, ninguém mais faz seguro de carro porque não há mais roubos de veículos e cargas 2022: Bolsonaro reeleito para segundo mandato. Brasil ganha o hexa na Copa do Qatar. 2023: Armas são vendidas nas casas Bahia em 10 vezes sem juros 2024: Paridade do Dólar com o Real. Brasil em primeiro lugar no quadro de medalhas das olimpíadas de Vancouver. 2025: Paulo Guedes ganha o Nobel de Economia 2026: Eduardo Bolsonaro eleito presidente. Jair Bolsonaro é o novo secretário-geral… Leia mais »

Artigos relacionados

Últimas Notícias