InícioBrasilBebê de dois meses morre após ficar em casa enquanto pais saíam...

Bebê de dois meses morre após ficar em casa enquanto pais saíam para beber em Goiás

Criança ficou com a irmã, de dois anos, em casa; mãe foi presa, enquanto pai e padrasto foram liberados

Publicado em

Um bebê, de dois meses, morreu após ser deixado em casa com a irmã, de dois anos, para que o pai, a mãe e o padrasto pudessem sair para beber. O caso aconteceu em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana de Goiânia, no último domingo (14).

A polícia foi acionada após o bebê dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento da cidade. A criança chegou no local ainda com vida, mas tinha o corpo rígido, frio, azulado e com sangramento no nariz. Os médicos tentaram reanimar o bebê, mas não conseguiram. A informação é do Metrópoles.

Os pais do bebê e o padrasto foram encaminhados à delegacia após a morte. Em depoimento, a mãe relatou que deixou a criança dormindo com a irmã, em casa.

A mãe voltou algumas vezes para casa e notou que o bebê estava frio. Na segunda vez, ligou a luz e notou um sangramento na boca e no nariz da criança. Ela, então, pediu ajuda a vizinhos e foi até a UPA.

Ainda não se sabe o que causou a morte da criança. A Polícia Civil de Goiás aguarda o laudo da perícia para averiguar o motivo do óbito.

O pai e o padrasto foram ouvidos pela polícia e liberados. A mãe, no entanto, foi presa por abandono de incapaz, com o agravante da morte.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Goias
4 meses atrás

Foi fazer menagem kkkk