20.5 C
João Pinheiro
sábado, janeiro 16, 2021

Conselho Tutelar fala sobre o dia nacional de combate ao abuso e exploração sexual

Hoje, 18 de maio, é o dia nacional de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

Todo ano, no mês de maio, somos lembrados de que, infelizmente, temos um inimigo que atinge muitas crianças e adolescentes: o abuso e a exploração sexual. E este mal deve ser combatido por toda a sociedade, já que se precisamos combater, é sinal de que a prevenção deve se intensificar. Conversamos com Ramon Portela sobre o assunto e sobre como o conselho tutelar de João Pinheiro tem agido nestes casos na cidade.

Ramon começou a entrevista nos explicando o porquê o dia 18 de maio foi escolhido. “A escolha da data é referente ao caso de Araceli que, com apenas oito anos de idade, foi vítima de espancamento, violência sexual e homicídio. O fato ocorreu há 44 anos, no município de Vitória/ES. O caso não foi completamente solucionado pela justiça, o que gerou um sentimento de indignação por todo o país. Mas todos os dias temos o dever de proteger meninos e meninas de todas as formas de violência.”

Comentou, também, da importância do conselho tutelar neste dia. “O Conselho Tutelar espera que, através deste trabalho informativo, seja possível mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta e proteger nossas crianças e adolescentes. Esta data reafirma a importância de se denunciar e responsabilizar os autores de violência sexual contra a população infanto-juvenil.”

Ramon disse que o conselho tutelar de João Pinheiro tem agido com firmeza nos casos em que notam crianças e adolescentes em situações de vulnerabilidade na cidade. “Crianças e os adolescentes, apesar de terem uma família, podem estar em situação de risco, pois apresentam os fatores de risco que são: maus-tratos, gravidez na adolescência ,uso de droga, estupro, alcoolismo, dificuldades de aprendizagem, trabalho infantil e depressão. Pois podem apresentar alguns fatores de risco.”

O conselheiro falou um pouco também sobre o dia-a-dia no exercício das funções. “Todo o cidadão deve ter em mente que ser conselheiro tutelar é uma missão árdua e de comprometimento total em prol da criança e adolescente trabalhando o coletivo. Só assim conseguiremos desenvolver um bom trabalho na defesa das crianças e adolescentes.”

Por fim, Ramon Portela nos deixou uma reflexão e pediu para que ela seja compartilhada na íntegra, de modo que a conscientização da sociedade seja ainda maior no dia de hoje.

“Há metas árduas a cumprir que demandam muito estudo, preparo e determinação, e também engajamento coletivo. Cada um de nós possui um papel preponderante na tarefa de elevar a credibilidade da nossa sociedade enquanto entidade que busca garantir e preservar os direitos das nossas crianças e adolescentes.

Nós 5 Conselheiros Tutelares Ramon Portela, Bruna Moreira , Katiana Gomes, Eny Souza e Simone Mendes estamos sempre em capacitação para sempre podermos atendermos com excelência as demandas que chegam até nós. Importante ressaltar as parcerias entre Conselho Tutelar , Secretária de Ação Social , CRAS 1, CRAS 2, CRAS 3 , CREAS e o Poder Público.

Se você suspeita ou tem conhecimento de que alguma criança ou adolescente esteja sofrendo qualquer tipo de violência, comunique imediatamente ao Conselho Tutelar pelo telefone 3561-5334 , pelo plantão que funciona 24 horas 99920-6777 ou Disque 100. E é garantido o anonimato a quem denuncia.”

Últimas Notícias