Publicidade
Contrato odontológico - OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeCopasa promove vistorias em residências da cidade de João Pinheiro para melhorar...

Copasa promove vistorias em residências da cidade de João Pinheiro para melhorar atendimento

Serviço visa proporcionar maior qualidade de vida aos clientes

Publicado em

A equipe socioambiental da Unidade de Serviço de Apoio Administrativo Oeste (USAO) da Copasa promoveu, no segundo semestre deste ano, uma vistoria porta a porta em imóveis dos bairros Papagaio e Terezinha, em João Pinheiro. O objetivo era verificar se as residências estavam conectadas às redes coletoras da companhia e orientar os moradores sobre a importância da ligação correta do esgoto.

Publicidade
Sicredi - Unidade inaugurada em João Pinheiro

Dos 10 imóveis vistoriados nas ruas Tertulino Coelho, Edmundo e Pedro Simão Melo, foram constatadas irregularidades em oito deles. Segundo Getúlio Bernardes, auxiliar administrativo e integrante da equipe socioambiental da Copasa, o Ministério Público (MP) informou que alguns pinheirenses se queixaram do mau cheiro proveniente dos bueiros das ruas. Foi então que as investigações para eliminá-lo tiveram início.

Ele explicou que “não é papel da Copasa aplicar sanções aos clientes e como trata-se de um problema localizado no interior das residências, a companhia não tem autorização para executar as manutenções. Moradores dos imóveis onde foram constatadas ligações clandestinas foram orientados, por meio de material didático e explicações de empregados da Copasa, sobre como proceder para regularizar a situação. Feito isso, a empresa poderá fazer a interligação do imóvel à rede presente na rua”.

Publicidade
Banho e tosa para seu Pet - POP Pet Center João Pinheiro

O tratamento do esgoto proporciona inúmeros benefícios à sociedade, ao meio ambiente e ao município de modo geral, mas para que esses resíduos cheguem até a Estação de Tratamento da Copasa (ETE), os imóveis precisam estar interligados às tubulações de coleta da Companhia.

Ligação de esgoto

Para solicitar a ligação ou descobrir se o imóvel está corretamente conectado às redes da companhia, o cliente pode entrar em contato com a empresa de forma gratuita, 24 horas por dia, por meio dos canais de relacionamento: telefone 115 ou 0800 0300 115; aplicativo “Copasa Digital” ou site www.copasa.com.br. Há ainda o WhatsApp da Copasa, o Chico, (31) 9 9770-7000, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Publicidade

Novas construções

Aqueles que almejam iniciar obras ou que estejam com edificações em andamento também precisam se atentar aos padrões estabelecidos pela Copasa para a ligação correta da rede de esgoto. A tubulação interna deve terminar no passeio, ultrapassando a testada do lote (largura do terreno) até alcançar 20 cm do meio-fio. A profundidade deve ser de no mínimo 70 cm e no máximo de 1 m. Se não existir meio-fio no local, a tubulação deve ultrapassar 1,30 m da testada do lote.

E em situações nas quais o projeto da obra é diferente e requer medidas distintas das estabelecidas, a orientação é que o morador contate a companhia. A execução de obras irregulares pode gerar transtornos futuros ao cliente.

Publicidade

Qualidade de vida

O tratamento do esgoto sanitário permite que a cidade receba o ICMS Ecológico, uma forma de incentivo aos municípios para a criação de mais áreas de preservação ambiental. Contribui para a erradicação de doenças de veiculação hídrica; com o controle da proliferação de vetores e com a melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Também promove mudanças positivas nos aspectos urbanísticos e, consequentemente, a valorização imobiliária da cidade, além de valorizar o potencial turístico local e atrair investimentos privados para a cidade. Contribui ainda com a despoluição dos rios e braços de água locais, com a recuperação da diversidade da fauna e flora e com a preservação da biodiversidade para as gerações atuais e futuras.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
GALO DOIDO
1 mês atrás

kkkkkk isso e pra aumentar o valor da agua e vem com essa mentira

GALO DOIDO
1 mês atrás

kkkk acreditar nesse povo da coposa kkkkkkkkkkkkk

Publicidade
Zé Povim
1 mês atrás

Melhorar qualidade de vida de ninguém… pura fantasia!
Só quer $$$$. Mais nada!

Indignado
1 mês atrás

Ata agora querem colocar a culpa da falta de tratamento de esgoto na população, porque até onde sei o esgoto de João Pinheiro ainda não e tratado, apenas encaminhado ao ribeirão estrema, e o córrego ribeirão, que por sinal tem ainda diversas irregularidades de esgoto em grotas e córregos da cidades.

Publicidade

mais artigos