Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioPoliciaisCriança denuncia o próprio pai por estupro após assistir palestra na escola...

Criança denuncia o próprio pai por estupro após assistir palestra na escola em Patos de Minas

Crime teria acontecido em Paracatu

Publicado em

A Delegacia de Polícia Civil de Paracatu começou a investigar a denúncia de estupro feita por um menino de 10 anos após assistir uma palestra sobre abuso sexual em uma escola, em Patos de Minas. O suspeito do crime é o pai dele, de 35 anos.

Publicidade
WN Telecom - 600 megas promoção

A informação foi confirmada pela Polícia Civil ao G1 nesta segunda-feira (23). A investigação está sob responsabilidade da delegacia de Paracatu, cidade onde o crime teria ocorrido, e segue em sigilo conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Segundo a ocorrência registrada na última quarta-feira (18), o pai teria violentado o filho por pelo menos 3 vezes. A ação criminosa teria ocorrido há mais de 1 ano.

Publicidade
Revisão de motocicleta Dione Motos em João Pinheiro

De acordo com a Polícia Militar (PM), o Conselho Tutelar foi quem chamou a equipe depois de receber a denúncia. Após a palestra, o garoto procurou a palestrante e relatou os abusos. A mãe da criança relatou que o suspeito está foragido e tem envolvimento com drogas.

Orientações

Diante do ocorrido, a Polícia Militar ressaltou a importância da orientação dos órgãos de apoio e da família em casos semelhantes. A corporação lembra que é necessário conversar com os filhos e observar as mudanças de comportamento das crianças e adolescentes. As denúncias para esse tipo de crime podem ser feitas através do 181 ou diretamente na PM.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro
FonteG1

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Lulu
2 meses atrás

Uma peste dessa vai para cadeia e a lei exige ainda direitos humanos,deveria ter pena mas pesada para esse tipo de crime virou moda esse tipo de acontecimento.

Última edição 2 meses atrás by Lulu

mais artigos