Defesa reverte acusação e jovem é condenado por lesão corporal em João Pinheiro; réu já cumpriu pena e deve ser solto

Ministério Público concordou com a desclassificação do crime para lesão corporal; acusado será posto em liberdade porque já cumpriu a pena imposta antes do julgamento

O julgamento do jovem Leonardo Teles, levado a júri popular por supostamente tentar matar o sogro, finalizou com resultado favorável à defesa por volta das 13 horas desta quarta-feira, 14 de julho de 2021. Após o Ministério Público concordar com a desclassificação da tentativa de homicídio para lesão corporal, jovem foi condenado a 1 ano e 3 meses, com regime inicial semiaberto.

A equipe de reportagem do JP Agora esteve em contato com a banca de defesa de Leonardo Teles, que sustentou, desde o início, que o jovem não teve a intenção de matar o sogro, o que estava suficientemente demonstrado inclusive pelo fato dele o ter socorrido após a agressão. No julgamento, após a oitiva das testemunhas, a acusação acatou a tese da desclassificação e os debates continuaram, então, para a resolução das demais questões atinentes ao crime de lesão corporal.

Assim, o corpo de jurados julgou Leonardo pela lesão corporal cometida contra a vítima. Depois, o juiz fixou a pena em 1 ano e 3 meses no regime semiaberto. Como Leonardo estava preso há 1 ano, 3 meses e 29 dias, para a justiça, ele já cumpriu integralmente sua pena, motivo pelo qual será posto em liberdade imediatamente.

Publicidade
Barca de Churrasco - Dom Churrasco - Valor R$ 60,00

“Em situações como essa é que se vê a necessidade do comprometimento para com a causa, de forma a levar a verdade dos fatos ao jurados, que na maioria das vezes não tem contato com aquilo que é a voz do processo, as provas, para que não se dê a condenação à um cidadão por algo que efetivamente não fez” ressaltou a Dra. Núbia Grasiele Gomes da Silva, advogada de Leonardo.

Leonardo retornou para o presídio local para que as formalidades da sua soltura sejam realizadas, o que deve acontecer ainda hoje.

3 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Paulo henrique de oliveira
4 meses atrás

Engraçado algum tempo atras quase me mataram de tanta capacetada na cabeça registrei o BO nao deu nada mas me tira de bandido e todo momento…?

Cidadao
4 meses atrás

Pronto! Agora esse maluco pode dar uma facãozada no pescoço de outro inocente. ?

Perigoso
4 meses atrás

Mano Leozinho deu certo

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias