19.8 C
João Pinheiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

Estatísticas mostram aumento de 42,86% de casos de estupro de vulnerável em João Pinheiro

Números de homicídio consumado e furto de veículos também aumentou; confira a íntegra dos dados divulgados

A Polícia Militar de Minas Gerais, através do 45º BPM, divulgou as estatísticas criminais da região nesta última terça-feira (05). Os dados mostram a média dos principais crimes cometidos nas cidades integrantes. O destaque ficou para João Pinheiro, que teve um aumento de 42,86% no número de casos de estupro de vulnerável.

As cidades compreendidas nos dados são Paracatu, Vazante, Guarda-Mor, João Pinheiro e Brasilândia de Minas. Por ser a maior entre todas elas, Paracatu lidera todas as listas, mas os números diminuíram por lá no último ano, com exceção do crime de estelionato, que aumentou 31,89% na cidade.

Em João Pinheiro, os números são positivos em geral. Entretanto, os casos de estupro de vulnerável, de homicídios consumados e de furto de veículos aumentaram no último ano. Nos demais crimes, houve uma diminuição do percentual.

Paracatu continua liderando o índice de crimes violentos com 242 cometidos em 2020, mas o número é 43,06% menor do que 2019. No mesmo período, João Pinheiro teve uma melhora de 18,52% e Brasilândia de Minas teve dois casos a menos de crimes violentos em 2020 se comparado com 2019.

Quanto aos homicídios consumados, Paracatu continua liderando a lista, mas os números melhoraram em 2020, passando de 29, em 2019, para 21 no ano que se encerrou na semana passada. João Pinheiro teve dois homicídios a mais em 2020 se comparado a 2019 e Brasilândia registrou apenas um.

Os roubos consumados diminuíram consideravelmente em João Pinheiro em 2020. A melhora corresponde a 28,57%. Brasilândia de Minas registrou 9 crimes dessa natureza em 2020.

Em 2019, a PM de João Pinheiro registrou 06 casos de estupro, enquanto que em 2020, apenas 04 casos. Brasilândia de Minas não registrou nenhum crime dessa espécie no ano passado.

O que mais chama a atenção em João Pinheiro é o considerável número de estupros de vulneráveis registrado. Foram 10 somente em 2020.

No geral, o balanço da 45º BPM é positivo, exceto relacionado ao crime de estelionato, que sofreu um aumento geral de 17,68%. 169 armas foram apreendidas, 47 somente em João Pinheiro.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Últimas Notícias