Estelionatários fazem mais uma vítima via WhatsApp em Brasilândia de Minas; prejuízo foi de R$500,00

Como de praxe, o criminoso se passou por um familiar da vítima e pediu dinheiro

Mais um golpe via WhatsApp foi aplicado em Brasilândia de Minas. A modalidade criminosa, que já é figurinha carimbada no noticiário do JP Agora, deixou uma mulher de 33 anos no prejuízo de R$500,00 (quinhentos reais). Ela acreditou que conversava com sua irmã e efetuou a transferência solicitada pelo estelionatário.

A reportagem do JP Agora apurou que a vítima recebeu uma mensagem de um número desconhecido no dia 03 de dezembro se passando por sua irmão. Depois de convencer a mulher, o criminoso solicitou que ela fizesse um PIX no valor de R$1.000,00 (um mil reais) para pagar uma conta. A mulher, então, disse que só tinha R$500,00 (quinhentos reais) e o criminoso, que não era bobo, aceitou e pediu que ela fizesse imediatamente.

Acreditando na história, a mulher transferiu o dinheiro ainda no dia 03 de dezembro para a conta indicada pelo criminoso. Dias se passaram e, somente no dia 06 de dezembro, a vítima resolveu entrar em contato com sua irmã, quando então descobriu que havia caído em um golpe.

Na manhã de ontem, 07 de dezembro, a vítima procurou a polícia para relatar o ocorrido. O prejuízo dificilmente será ressarcido, como sempre acontece nesses casos. Por isso, é importantíssimo ter atenção redobrada ao transferir dinheiro para supostos familiares que entrarem em contato pelo WhatsApp.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

Últimas Notícias