Publicidade
Contrato odontológico - OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioPoliciaisFamiliares suspeitos de matar criança queimada para evocar espíritos malignos são presos...

Familiares suspeitos de matar criança queimada para evocar espíritos malignos são presos em Minas Gerais

Foram presos avós, tia e mãe da criança, além de líder espiritual. Inicialmente, morte ocorrida em março era tratada como acidente doméstico, mas investigação apontou a realização do ritual

Publicado em

Maria Fernanda Camargo de 5 anos foi queimada viva em um ritual de “evocação e incorporação de espíritos malignos” ocorrido em Frutal, no Triângulo Mineiro. Cinco pessoas, sendo os avós, a tia, a mãe da menina e um líder espiritual, foram presos nesta quarta-feira (20) por causa do crime.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

De acordo com a Polícia Civil, Maria Fernanda Camargo, foi assassinada no último dia 24 de março, quando houve a suspeita de acidente doméstico, envolvendo a criança e uma churrasqueira da casa dos avós. No entanto, as investigações apontam que a vítima foi queimada viva. Ela foi levada para a um ritual de evocação e incorporação de espíritos malignos.

Durante a seita, foram jogadas ervas e álcool no corpo da criança. Depois, o líder espiritual ateou fogo no corpo dela com o uso de uma vela. A menina teve quase 100% do corpo queimado. Os avós da criança, uma tia e a mãe dela estavam no ritual quando ocorreu o crime. Eles também ficaram levemente feridos ao tentarem apagar o fogo do corpo de Maria Fernanda.

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

Os familiares da garota e o líder espiritual foram presos na operação “Incorporação da Verdade”, deflagrada pela Polícia Civil. Eles foram submetidos a exames de corpo e delito e ainda serão ouvidos. As investigações ainda estão em andamento. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, além das prisões.

Na época da morte, a menina foi socorrida ao hospital Frei Gabriel em Frutal, mas foi transferida para um hospital em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, onde morreu.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João Augusto
5 meses atrás

Malditos!
Assassinos em nome de uma fé vã e pagã!
Isso não é liberdade religiosa, é pura maldade!
Esses tipos de pessoas devem ser banidas do convívio familiar e social!

Mix
5 meses atrás

Falta de Deus no coração um monstro que não deve nem ser chamada de mãe que Deus tenha misericórdia pq os presos não vão ter e nem deve

Publicidade
MESTRE DOS MAGOS
5 meses atrás

QUERIA ENCONTRAR O MAU NA CADEIA TEM BEM ELE

Caveira
5 meses atrás

Vão ficar comendo as nossas custas vermes!
Tem que ter pena de morte!
Esses safados tem que serem linchados!

Publicidade

mais artigos