InícioCidadeFazendeiro é indiciado por estupro de vulnerável em Brasilândia de Minas; filho...

Fazendeiro é indiciado por estupro de vulnerável em Brasilândia de Minas; filho vai responder por tentativa de suborno

O filho do fazendeiro tentou subornar a família da vítima e foi indiciado pelo crime do artigo 343 do Código Penal

Publicado em

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da 6ª Delegacia de Polícia Civil de João Pinheiro, anunciou a conclusão do inquérito policial referente ao suposto estupro de uma menina de 6 anos na zona rural de Brasilândia de Minas, região Noroeste do estado.

Segundo informou o Delegado Danniel Pedro em nota oficial, o fazendeiro em questão, de 77 anos, foi identificado pelas investigações como o responsável pelo suposto abuso da criança entre março e junho deste ano. O caso chegou ao conhecimento das autoridades através da mãe da vítima, que por sua vez ouviu o relato da criança, de apenas 6 anos, pela primeira vez.

O fazendeiro teria chamado a garotinha para pegar doces e, em seguida, abusou dela. Quando soube que a família procuraria a polícia, o filho do suspeito teria tentado suborná-los, razão pela qual foi indiciado no artigo 343 do Código Penal.

Fazendeiro está foragido

O delegado Danniel Pedro informou, ainda, que o fazendeiro está foragido, mas ainda assim exerceu seu direito constitucional de permanecer em silêncio, conforme comunicado por seu advogado. A Polícia Civil continua a procurá-lo.

O inquérito foi concluído e o caso segue, agora, para o Ministério Público, que decidirá o encaminhamento do caso à justiça.

Em tempo, o JP Agora esclarece que não citou o nome do indiciado porque ele acionou a justiça para nos proibir de falar o seu nome. O fazendeiro conseguiu uma liminar para retirar a reportagem que falava sua identidade do ar e, por orientação do jurídico, o site optou por seguir a determinação judicial. Informamos, no entanto, que não concordamos com o entendimento, que acreditamos se tratar de censura, notadamente em razão do alto interesse público da informação. Por isso, já adotamos as medidas legais cabíveis para que nossa liberdade de imprensa seja restabelecida.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
SWAT polícia evestidor do Brasil
10 meses atrás

Jeck safado vai tomar pau dos irmãos lá na cadeia

GALO DOIDO
10 meses atrás

da nada para rico nesse pais não. ////so da cadeia pra p.p.p

Doctor Strange
10 meses atrás

Ele é amparado pelo estatuto do idoso, creio que não será preso pela idade avançada, e se conseguir um laudo psiquiátrico então! O combo perfeito, infelizmente.