Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioPoliciaisGolpista que se passou por funcionário da CEMIG e mulher são presos...

Golpista que se passou por funcionário da CEMIG e mulher são presos com muito dinheiro em Patos de Minas

Além da moto, muito dinheiro foi apreendido com eles

Publicado em

A Polícia Militar prendeu o golpista que estaria se passando por funcionário da CEMIG e uma mulher que seria sua comparsa na tarde desta quarta-feira (18). O casal foi preso em São Gotardo. Ele teria visitado algumas casas em Patos de Minas e furtado pelo menos duas vítimas. Ele também havia aplicado o golpe em acidentes da região. Eles devem responder por furto mediante fraude.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

De acordo com a Polícia Militar, policiais das cidades de Rio Paranaíba e Carmo do Paranaíba informaram que um homem se passando por funcionário da CEMIG, utilizando uma motocicleta Honda CG de cor vermelha, placas PBN-4760, visitou duas residências alegando que iria avaliar o consumo de energia, tendo acessado o interior dos imóveis.

Aproveitando um momento de descuido dos moradores, F. A. M., 40 anos, subtraiu dinheiro e objetos em ambos os municípios. Como os policiais já tinham conhecimento que nesta semana o mesmo aautor cometeu pelo menos cinco crimes semelhantes nos municípios de Patos de Minas e Patrocínio, houve a suspeita de que ele pudesse estar em São Gotardo.

Publicidade
Banho e tosa para seu Pet - POP Pet Center João Pinheiro

Diante disso, os militares de São Gotardo montaram uma operação e a motocicleta usada nos crimes foi localizada, sendo o autor abordado e preso. O hotel onde ele estava hospedado foi identificado, sendo localizados, nos aposentos, uma mulher, R. S. D., 33 anos, e pertences.

Durante a lavratura da ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atendimento de outra vítima, desta vez em São Gotardo, uma senhora de 91 anos, que foi enganada da mesma forma. Os valores subtraídos nesta quarta foram depositados na conta da genitora e da amásia do autor, no banco Bradesco.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Os policiais apreenderam R$ 1740,20 em cédulas diversas, 2 cartões de crédito de vítimas, 3 depósitos desta data, totalizando R$4.700,00, bolsa e carteiras subtraídas das vítimas.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Jararaca Ensaboada
3 anos atrás

500 chibatadas em praça pública com transmissão simultânea pelas mídias sociais e 10 anos de cadeia em regime fechado do primeiro ao último dia.

mais artigos