InícioBrasilGoverno sanciona lei que concede prêmio de até R$ 3 mil para...

Governo sanciona lei que concede prêmio de até R$ 3 mil para alunos que concluírem o ensino médio

Incentivo é destinado para alunos beneficiários do Bolsa Família e pretende atender mais 2,5 milhões de estudantes

Publicado em

Foi sancionada nesta segunda-feira (18) pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Lei Complementar 203/23, que permite a utilização de recursos do Fundo Social para o pagamento de uma bolsa para incentivar que alunos pobres concluam o ensino médio. O valor é destinado para beneficiários do Bolsa Família e pode chegar a até R$ 3 mil por aluno.

A Lei foi aprovada no Senado no dia 29 de novembro e autoriza o uso de recursos do Fundo Social. Pela proposta, as despesas não serão consideradas no cálculo dos limites de gastos da União.

Ao todo, R$ 6 bilhões do superávit do Fundo, no Orçamento de 2023, serão destinados para o pagamento do benefício. A intenção da lei complementar é garantir recursos ainda neste ano para serem executados ao longo de 2024, uma vez que o programa de incentivos criado pelo governo com o mesmo fim, em Medida Provisória, ainda não foi regulamentado.

Como vai funcionar

A proposta do “Bolsa Permanência” prevê que serão atendidos 2,5 milhões de estudantes do ensino médio e do EJA (Educação de Jovens e Adultos, de 19 a 24 anos), cadastrados no Bolsa-Família. Eles vão receber R$ 200 durante 10 meses, mais R$ 1 mil reais em caso de aprovação, totalizando R$ 3 mil reais por aluno/ano. O recurso ficará investido em uma conta no nome do estudante e só poderá ser retirado após a conclusão do ensino regular.

O recurso ficará investido em uma conta no nome do estudante e só poderá ser retirado após a conclusão do ensino regular. O Fundo Social foi criado para receber recursos do governo federal com a exploração do petróleo do pré-sal sob os contratos de partilha de produção.

O fundo deve custear ações em outras áreas também, como saúde pública, ciência e tecnologia, meio ambiente e mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
O mancha
3 meses atrás

Já passam de ano sem nota e sem saber nem a tabuada,não querem trabalhar,facilidades forma cidadãos fracos, tem que investir em qualidade de ensino não em premiar alguém por fazer a sua obrigação

Mari
3 meses atrás

Esses meninos precisa e de um serviço que de para eles trabalhar e estudar au mesmo tempo.
Essas formas de oportunidades que o governo tem que promover , isso é incentivo .Aquele programa Jovem aprendiz não funciona, cada dia estamos perdendo nossos jovens pras drogas e prostituição.