Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioDestaqueHomem chama amigo de corno e acaba morto com facada no peito...

Homem chama amigo de corno e acaba morto com facada no peito em Carmo do Paranaíba

Ele estaria tendo realmente um caso com a esposa do acusado

Publicado em

Joelson Pereira da Silva, 31 anos, natura de Irecê (BA), morreu após ser esfaqueado na noite desta sexta-feira, 18 de novembro, depois que a vítima chamou o amigo de “corno”. O crime ocorreu na rua Madre Paulina no Bairro Santa Cruz, em Carmo do Paranaíba. A motivação teria sido devido a drogas e traição amorosa.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A vítima, estava com mandado de prisão em aberto. O golpe atingiu o peito da vítima, que chegou a ser encaminhado a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Conforme o registro policial, esposa do autor relatou que a vítima era amiga do suspeito, mas que, recentemente, eles teriam se desentendido devido a drogas e, com isso, os dois passaram a trocar ameaças. Ainda relatou, que há alguns dias, a vítima teria passado em frente a sua residência onde mora o suspeito Adriano Alves de Sousa, de 40 anos, com algumas pedras de crack nas mãos e gritou “aqui, sei que você gosta muito, seu corno”.

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

Após esse ocorrido, o companheiro ficou com raiva e queria saber o motivo que levou Joelson a chamar Adriano de “corno”. Segundo a mulher, esse fato teria se repetido outras vezes no decorrer dos dias. Já na noite da última sexta-feira, 18 de novembro, conforme a esposa de Adriano, ele chegou correndo e falou para ela que tinha esfaqueado “aquele homem” e precisava fugir. Em seguida, ele pegou o telefone da mulher e disse que depois entrava em contato e saiu do local.

Segundo uma testemunha, que se encontrava com a vítima, contou que, ao saírem de uma casa na rua Madre Paulina, o suspeito apareceu repentinamente e desferiu um golpe de faca no peito de Joelson. Ferido, ele foi socorrido por uma moradora até a UPA, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois. Essa testemunha ressaltou que, mesmo estando com ele no momento do esfaqueamento, possuía uma medida protetiva contra o homem, pois tinha sido agredida e ameaçada por ele.

Publicidade

Por fim, a Polícia Militar foi informada por outra pessoa que o motivo principal do assassinato seria porque a vítima estaria tendo um caso amoroso com a mulher de Adriano, suspeito de ter cometido o crime.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Jararaca ensabuada
9 dias atrás

Famoso , quem fala o que quer , tem que arcar com as consequências.

Verdades
9 dias atrás

Alem de corno e revoltado

Publicidade

mais artigos