18.6 C
João Pinheiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

Homem é assassinado a sangue frio pelo próprio enteado em Patos de Minas; o atirador foi preso

Ele foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo

Um homem de 37 anos foi assassinado a tiros na madrugada dessa quinta-feira (26) em Patos de Minas. Ele foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo enquanto dormia ao lado da mãe do atirador. Um homem de 22 anos, que é enteado da vítima, confessou que efetuou os disparos e foi preso em flagrante. A arma usada no crime também foi apreendida.

O homicídio aconteceu por volta de 0h30 desta madrugada. Segundo informações da Polícia Militar, o atirador invadiu a casa da vítima na rua Jorcemia Silva Dias, foi até o quarto onde o homem estava dormindo ao lado da mulher e atirou várias vezes. Alan Camundo Gonçalves de Jesus, de 37 anos, foi alvejado na cabeça e no tórax.

Uma unidade do Samu foi acionada, mas o homem já estava sem vida. A Polícia Militar isolou o local e iniciou rastreamentos para tentar identificar o autor. A mulher que estava ao lado da vítima disse que viu apenas um homem alto, magro, usando vestes todas pretas e capuz se aproximar da cama e atirar.

A perícia recolheu nove cápsulas de pistola 7.65 no local. Alan foi alvejado sete vezes, sendo duas no peito e outras cinco na cabeça  e pescoço.  Embora não tenha apontado a autoria do crime, a mulher que estava na cama com a vítima disse que o filho mais velho não aceitava seu relacionamento com Alan.

Durante rastreamentos, a Polícia Militar localizou a arma do crime e uma porção de drogas na casa de Gabriel Pereira Rosa. O rapaz informou que um homem passou pelo local e pediu para guardar a arma. Ele foi preso. O enteado da vítima chegou ao local logo em seguida. Inicialmente, ele demonstrou surpresa pelo assassinato, mas ao ver que Gabriel estava preso, acabou confessando o crime.

Caio Douglas Soares de Menezes Ramos, de 22 anos, confessou que planejou o crime durante 4 meses. A arma foi comprada há alguns dias de um cigano que ele não quis dar mais detalhes. Segundo a Polícia Militar, Caio disse que matou o Alan para proteger a mãe que era constantemente ameaçada. Ele entrou na casa com a chave que ele possui do imóvel.

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
arthur oliveira
1 mês atrás

Últimas Notícias