InícioPoliciaisHomicídio com resquícios de crueldade é registrado na Olaria, em João Pinheiro

Homicídio com resquícios de crueldade é registrado na Olaria, em João Pinheiro

A vítima, um idoso de 71 anos, foi atingido por golpes de canivete, pedradas, pauladas e não resistiu

Publicado em

Um idoso de 71 anos de idade foi brutalmente assassinado na tarde de hoje (06) na Olaria, Bairro de João Pinheiro. Segundo a Polícia Militar, a vítima discutiu com a esposa e saiu pelas ruas dizendo que iria beber, quando se deparou com o suspeito. O suspeito, então, se dirigiu até a sua casa acompanhado do idoso, onde o assassinou utilizando vários objetos. A vítima faleceu por volta das 17 horas na UPA de João Pinheiro.

Segundo informações, o suspeito e a vítima tiveram um desentendimento há alguns dias. Não se sabe por qual motivo o idoso se dirigiu até a residência do seu desafeto.

Os familiares da vítima Geraldo Rodrigues da Silva, aposentado, 71 anos, ficaram sabendo das agressões por terceiros e correram para o local para socorrê-lo. Quando chegaram, se assustaram com a cena. Geraldo foi agredido por todo o corpo com pedaços de ferro, com pedras, canivete, pauladas e até mesmo com um pedaço de barra de alumínio. Ele foi socorrido por volta das 13 horas, mas não resistiu, vindo a falecer por volta das 17 horas.

O suspeito é Erivan Rodrigues de Almeida, conhecido como “Baiano”. Ele fugiu do local e foi encontrado momentos depois pela Polícia Militar escondido dentro de uma lagoa em um local de difícil acesso.

Erivan foi preso em flagrante e encaminhado à presença da autoridade policial em Paracatu, juntamente com todo o material apreendido no local do crime.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


10 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Julio Cesar
2 anos atrás

parabens policia MG, podia ter policoa fixa na olaria e rural minas

Julio Cesar
2 anos atrás
Resposta para  Julio Cesar

Polícia MILITAR Devar ter uma equipe fixa na olaria, rural minas 1 e 2, você sp ver pessoas dirigindo bêbadas, pessoas andando de moto sem CNH, motos sem documentação, tráfico de drogas, a polícia militar deu limpar na zona urbana agora falta esses distritos, oficina de moto em ruralminas que vende moto sem procedência, nossa PM é um exemplo

Anonimo
2 anos atrás

Moro aque a um ano aque cada dia que passa está ficando muito perigoso não tem policiamento não temos segurança, mas nossos impostos temos que pagar né muito difícil agora nesta época até político escoltado já veio em nossas casas, porque nós que moramos aque tem que ficar livres pros vagabundos e os abenssoado dos políticos vem aque de quatro em quatro anos durante o dia e ainda tem que ser escoltados porque pra nós nunca fez nada na minha rua por exemplo nem poste dê iluminação pública não temos , esse político tinha que colocar um posto da Polícia… Leia mais »

Pinheirense
2 anos atrás

Em vez de ‘resquícios’ de crueldade, mais adequado seria ‘requinte’ de crueldade

Qualquer
2 anos atrás
Resposta para  Pinheirense

Tá certinho. Significado: traço, sinal indicativo de que alguém ou algo esteve presente em determinado lugar ou manifestou-se de algum modo; vestígio, resto, sobra.

Né tirando não
2 anos atrás

Acho engraçado porque todo mundo acha que o Baiano é um coitado mais acho que um coitado não Faria isso não aff,pura maldade acho que acostumou com todo mundo apoiando

Jorge...
2 anos atrás

Kkkk RESQUÍCIOS FOI FODA.

Português
2 anos atrás
Resposta para  Jorge...

Amigo, precisa ter um pouco mais de conhecimento, tanto resquícios quanto requinte está certo.

Conhecimento é bom e nunca é de mais.

Julio Cesar
2 anos atrás

quero pedir também que venha fiscalização da vigilância aqui nos bares pois ninguém respeita.

Eva
2 anos atrás

Ele é meu tio

mais artigos