InícioCidadeInquérito policial aberto em João Pinheiro para investigar imagem de cabeça de...

Inquérito policial aberto em João Pinheiro para investigar imagem de cabeça de cachorro em sacola

Autoridades buscam esclarecer autenticidade de foto perturbadora que causou alvoroço nas redes sociais

Publicado em


A Polícia Civil de Minas Gerais, através do Delegado Danniel Pedro, da Sexta Delegacia de Polícia Civil de João Pinheiro, divulgou um vídeo informando que foi instaurado um inquérito policial para investigar uma imagem perturbadora que circula nas redes sociais, na qual aparece uma pessoa carregando o que parece ser a cabeça de um cachorro dentro de uma sacola. No anúncio, o delegado enfatiza o compromisso das autoridades em apurar a autenticidade da imagem e os detalhes do caso, reiterando a seriedade com que o crime de maus-tratos a animais é tratado pela legislação brasileira.

“As investigações conduzidas sob a mais estrita confidencialidade têm o objetivo de determinar a autenticidade da imagem em questão, bem como a realidade dos fatos a ela associados,” assegura a autoridade policial encarregada do caso. Adicionalmente, a polícia promete que “ao término das investigações, os resultados serão compartilhados com a comunidade, acompanhados dos devidos esclarecimentos e das ações legais pertinentes.”, disse o Delegado Danniel Pedro.

Ademais, ressalta-se que “a legislação vigente prevê penalidades severas para os crimes de maus-tratos contra cães e gatos, incluindo penas de reclusão que variam de dois a cinco anos, além de multa,” sublinhando o compromisso das autoridades com a proteção animal e a responsabilização de indivíduos que pratiquem tais atos de crueldade, destacou o Delegado.

A Polícia Civil de Minas Gerais apela à população de João Pinheiro para que “qualquer informação relevante ao caso seja prontamente comunicada às autoridades, contribuindo para a rápida resolução da investigação e a aplicação da justiça.”

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Realista
4 meses atrás

Como vocês são hipócritas, comem carne de boi, porco, galinha, peixe, etc. e a pessoa não pode comer carne de cachorro.

Rosa do deserto
4 meses atrás

Tanta coisa pra ser investigado nesse município vai perder tempo com isso aquilo uma cabeça de porco gente tem investigar e o tráfico roubo