Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeJoão Pinheiro fica em 10º lugar no ranking do ICMS do Patrimônio...

João Pinheiro fica em 10º lugar no ranking do ICMS do Patrimônio Cultural da região Noroeste

Municípios como Bonfinópolis de Minas e Santa Fé pontuaram mais que João Pinheiro

Publicado em

O Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) divulgou recentemente a tabela de pontuação definitiva do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do Patrimônio Cultural. João Pinheiro ficou em décimo lugar no ranking dos municípios que compõe a região Noroeste.

Publicidade
Sicredi - Unidade inaugurada em João Pinheiro

Paracatu conquistou o primeiro lugar com 25,75 pontos, seguido de Urucuia com 17,20 pontos. O 3° lugar é de Guarda-Mor com 16,63 pontos. Com 14,95 pontos, o município de Vazante cresceu e melhorou a pontuação em relação ao exercício anterior (10,57 pontos), alcançando o 4° lugar no ranking. João Pinheiro ficou em décimo, atrás de São Romão, Santa Fé de Minas, Bonfinópolis de Minas, Chapada Gaúcha e Riachinho.

A classificação é relativa ao ano de 2021, usada como base para repasses de recursos financeiros do ICMS Cultural em 2023.

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

O programa ICMS Patrimônio Cultural instituído em Minas Gerais beneficia os municípios que mais investem na proteção do patrimônio cultural. Com maior número de bens culturais protegidos, maior a responsabilidade do município e mais recursos são necessários para a preservação desse patrimônio.

Relação e pontuação dos municípios do Noroeste:

Paracatu25,75
Urucuia17,20
Guarda-Mor16,63
Vazante14,95
São Romão14,25
Santa Fé de Minas14,14
Bonfinópolis de Minas13,34
Chapada Gaúcha12,05
Riachinho12,00
João Pinheiro11,87
São Gonçalo do Abaeté11,80
Lagamar11,65
Dom Bosco11,11
Lagoa Grande10,44
Varjão de Minas9,72
Natalândia9,60
Arinos9,35
Uruana de Minas8,05
Brasilândia de Minas2,00
Pintópolis2,00
Presidente Olegário2,00
Formoso0,00

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
MESTRE DOS MAGOS
1 mês atrás

ACHO Q ESSE DINHEIRO NAO FOI DESTINADO A CULTURA NAO HEIN??!!
ME DIZ UMA ACAO CULTURAL Q TEVE EM JP????
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK PIADA MSM

Zé Povim
1 mês atrás
Resposta para  MESTRE DOS MAGOS

Você acha que investir em cultura eh só fazer festa?
Pobre mortal.

D2
1 mês atrás
Resposta para  Zé Povim

ESSE AI MAMA NA TETA DA PREFEITURA CERTEZA RSRSRRS
ME FALA UMA ACAO CULTURAL QUE FOI FEITA????

Zé Povim
1 mês atrás

Trabalho longo e árduo, o prefeito tem que acreditar e empreender. Muito municípios ficam na rabeira ou nem tem esses benefícios as vezes por vaidade de seus gestores em não iniciar esse trabalho para que gestões futuras colham esses resultados.

Publicidade

mais artigos