InícioCidadeLaudo judicial aponta possível insanidade mental de idosa acusada de matar cães...

Laudo judicial aponta possível insanidade mental de idosa acusada de matar cães para consumo em João Pinheiro

Resultado apontado no documento não foi conclusivo, mas aponta pela possível insanidade da idosa em razão do seu comportamento

Publicado em

O caso da idosa acusada de abater cães para consumo no distrito de Santa Luzia está sendo processado pela justiça de João Pinheiro desde a conclusão das investigações e do envio da denúncia pelo Ministério Público. Acusada pelo crime de maus tratos, a idosa passou por uma perícia judicial que tinha como objetivo apurar seu estado mental. O resultado foi inconclusivo, mas aponta pela possível insanidade. Entenda.

A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público e foi recebida pela justiça em março deste ano. O incidente de insanidade mental foi instaurado após a decretação da prisão preventiva da idosa e tinha como justificativa o seu comportamento e as condições de sua residência apuradas durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão. 

Assim, segundo apurado pelo JP Agora com exclusividade, a idosa foi submetida à perícia médica em abril e o resultado foi inconclusivo porque, segundo apontado pelo médico perito, o caso deverá ser analisado por psiquiatra, que poderá atestar com precisão a respeito da insanidade mental da acusada. Apesar disso, o médico perito apontou comportamentos que dão indícios de que a idosa possui enfermidades mentais.

É que, durante a perícia, a idosa apresentou discurso desconexo e com hipervalorização, variando entre momentos de choro profundo e calmaria. Além disso, seu discurso sugeriu desconexão com a realidade objetiva, o que pode ser considerado, futuramente, como indícios de insanidade mental. 

O Ministério Público e a idosa ainda não se manifestaram a respeito do laudo pericial. A audiência de instrução foi designada para o dia 22 de maio de 2024, ocasião em que a idosa será ouvida, assim como testemunhas. O JP Agora seguirá acompanhando o caso.

As fotos abaixo são da residência em que a idosa Mirian morava, localizada distrito de Santa Luzia em João Pinheiro.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Bolsonaro
6 dias atrás

Deixa ela comer tem que matar pra comer ua ,já viu alguém comer boi ou porco vivo ? Vcs não tem coragem de comer ela tem problema dela .tem muitos aqui né jp que fala que é dono de cachorro mas eles vive e na rua passando fome e cede…e ela já é muito idosa não vai comer muitos mas não. Obrigado essa é minha opinião. Bjo pra vcs

Não me dig
6 dias atrás

Depois que matou e comeu um monte de cachorro ela tem problemas mentais?

Ahhhhhhh conta outra que essa ai num foi não

E tem gente que puxa saco ainda 🤣
Tem e do dos animais que ainda vão sofrer na mão dela
Pq presa ela não vai ficar né

Azul marim
5 dias atrás
Resposta para  Não me dig

Concordo plenamente contigo