Publicidade
Atendimento emergencial OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeMinistério Público do Trabalho recomenda que empresários não tentem mudar votos de...

Ministério Público do Trabalho recomenda que empresários não tentem mudar votos de funcionários

Publicado em

Em recomendação divulgada nesta terça-feira (18), o Ministério Público do Trabalho (MPT) orientou que empresas e empregadores não ofereçam benefícios em troca de voto em candidato ou candidata nem ameacem trabalhadores caso eles não escolham determinado candidato ou candidata. No documento, a instituição lembra que a prática de assédio eleitoral contra trabalhadores pode resultar em medidas extrajudiciais e/ou judiciais na esfera trabalhista.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A recomendação destaca que a concessão ou promessa de benefício ou vantagem em troca do voto, bem como o uso de violência ou ameaça com o intuito de coagir alguém a votar ou não em determinado candidato ou candidata, são crimes eleitorais, conforme artigos 299 e 301 do Código Eleitoral.

Além disso, o MPT afirma na recomendação que o exercício do poder empresarial é limitado pelos direitos fundamentais da pessoa humana, o que torna ilícita qualquer prática que tenda a excluir ou restringir, dentre outras, a liberdade de voto das pessoas que ali trabalham.

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

O documento aponta ainda que a Constituição Federal garante a liberdade de consciência, de expressão e de orientação política, protegendo o livre exercício da cidadania por meio do voto direto e secreto. Isso assegura a liberdade de escolha de candidatos ou candidatas, no processo eleitoral, por parte de todas as pessoas.

A recomendação foi elaborada pela Coordenadoria Nacional de Promoção da Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade) do MPT.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Trabalhador JP
1 mês atrás

Turminha esquerdista esse MP,

Fofoca
1 mês atrás

Se o cara vota no PT ,pode ter certeza que vai aumentar o desemprego ,espero que os mais pobres acordam ,porque o elo mais fraco é eles ,votando no PT eles estão dando tiro no pé. Assistencialismo não funciona ,acordem em quanto é tempo.

Publicidade

mais artigos