InícioCidadeMorre aos 60 anos o pinheirense Flávio Rios durante cirurgia em Patos...

Morre aos 60 anos o pinheirense Flávio Rios durante cirurgia em Patos de Minas

Flávio não resistiu a procedimento para remover câncer no rim

Publicado em

Flávio Rios, engenheiro e figura ativa na política de João Pinheiro, faleceu na tarde desta terça-feira, 14 de maio, em Patos de Minas. Aos 60 anos, Flávio estava passando por uma cirurgia para remover um câncer no rim, mas infelizmente não resistiu ao procedimento.

Nascido em 8 de março de 1964, Flávio Rios foi criado em João Pinheiro e formou-se em engenharia pela FUMEC de Belo Horizonte em 1982. Sua carreira profissional incluiu o cargo de secretário de planejamento do Governo Carlos e Carlos, onde trabalhou de 2013 a 2016.

Além de seu trabalho como engenheiro, Flávio era conhecido por seu envolvimento ativo na política local, sempre buscando melhorias para João Pinheiro. Sua dedicação à comunidade e seu comprometimento com o progresso da cidade deixaram um legado importante.

Flávio Rios deixa dois filhos. Sua morte é uma grande perda para a comunidade pinheirense, que o recordará com carinho e respeito por suas contribuições e dedicação. O velório e o sepultamento serão anunciados em breve. Aos familiares e amigos nossas sinceras condolências.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João Augusto do Prado
2 dias atrás

Tenho uma gratidão muito grande por ele. No final de 1996, na minha volta para o interior, desempregado, procurei por ele, na antiga CSR, mesmo sem me conhecer, apenas por meio de minha apresentação pessoal e entrega de currículo (era desenhista técnico na área de engenharia/arquitetura), demonstrou total confiança, me contratando e proporcionando um grandississimo suporte para meu recomeço nesta volta inesperada para minha cidade natal. Deus, em sua infinita misericórdia, o receba em sua morada. Descanse em Paz, Flávio Rios!

Carlos Gonçalves
3 dias atrás

Grande companheiro, que Deus te receba com braços abertos