InícioCidadeMotorista da Prefeitura de João Pinheiro furta bateria de carro que trabalha...

Motorista da Prefeitura de João Pinheiro furta bateria de carro que trabalha para trocar por pedras de crack e acaba preso

A bateria foi retirada do veículo da prefeitura e supostamente trocada por pedras de crack

Publicado em

Um funcionário público da Prefeitura Municipal de João Pinheiro foi preso nesta quinta-feira, 11 de janeiro. Ele trabalha como motorista e furtou a bateria do veículo da prefeitura para trocar por pedras de crack, caindo no crime de peculato. Outro homem, que teria adquirido a bateria, também foi preso.

Segundo apurado pela reportagem do JP Agora, o motorista em questão foi acionado pelo Abrigo para transportar crianças até um projeto social por volta das 13 horas e, até o encerramento das atividades do Centro Administrativo, ele não havia retornado e não deu mais notícias.

A PM, então, foi acionada e localizou o motorista em questão no Bairro Cais. Segundo o boletim de ocorrência, ele teria afirmado para os militares que é usuário de drogas e que retirou a bateria do veículo da prefeitura para trocar por pedras de crack. O veículo em questão, um Fiat Pálio de cor branca, foi encontrado estacionado na Rua Regina Gomes.

Em razão do ocorrido, a PM efetuou a prisão em flagrante do motorista. Depois, os policiais foram em busca do suposto comprador da bateria e ele também foi preso. Na delegacia, o motorista se manteve em silêncio e o suposto comprador disse que adquiriu a bateria por R$30,00 (trinta reais). O motorista foi enquadrado no crime de peculato e segue preso e o suposto comprador foi liberado.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


8 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
.........
1 mês atrás

Coitado,mais uma vítima, perdeu o emprego a dignidade….a pedra da destruição ela veio pra matar roubar e destruir

Revoltado
1 mês atrás

É muito triste e o pai dele é petista doente eleitor do luladrao que aprova a liberação das drogas

Pinheirense
1 mês atrás

O vício é muito triste. Bagunçou a vida do rapaz

Trabalhador JP
1 mês atrás

A lei entende como doença, e é mesmo, tem de ser internado, não pode trabalhar, ainda mais como
Motorista.

GALO DOIDO
1 mês atrás

PABLO DE NOVO KKKKKKKKKK

GALO DOIDO
1 mês atrás

DE NOVO KKKKKKKKK

Bolsonaro
1 mês atrás

Fui viciado 10 anos pedra krak e cocaina, nunca robei sempre trabalhei manter meu vício essu é malandragem mesmo,prefeitura tá caçando sarna pra coçar tanto que esse home já aprontou e eles não mandam embora, enquanto te vários pais de família precisando trabalhar,

Observador
1 mês atrás

Concordo que vício é uma doença, más até quando vão deixar isso acontecer? Investiguem direitinho que tem coisas anteriores a isso…