InícioCidadeMulher acusada de homicídio em João Pinheiro que estava foragida há 19...

Mulher acusada de homicídio em João Pinheiro que estava foragida há 19 anos é presa pela PRF no Goiás

A PRF informou que faltavam apenas 90 dias para que ocorresse a prescrição do crime

Publicado em

A Polícia Rodoviária Federal realizou uma prisão importante na cidade de Niquelândia, norte de Goiás, no último sábado (12). Trata-se de uma mulher que responde por homicídio em João Pinheiro, que estava foragida há 19 anos. A prisão aconteceu 90 dias antes que o crime prescrevesse, quando então a mulher não poderia mais ser julgada pelo suposto assassinato.

Segundo informado pelo portal de notícias O Popular, a mulher em questão tem 43 anos e estava de passageira em um veículo que foi abordado na BR-414. Assim que o carro foi parado, a mulher apresentou uma certidão de nascimento falsa e começou a se contradizer acerca do nome de seus pais.

Diante da suspeita, os agentes da PRF intensificaram os questionamentos até que a mulher entrou em contradição e revelou o verdadeiro nome. Ao consultar o sistema, a PRF constatou que ela estava foragida da justiça de João Pinheiro desde os 24 anos e faltavam apenas 90 dias para que o crime prescrevesse, quando então ela não poderia mais ser julgada.

A mulher foi presa e encaminhada à disposição da justiça de João Pinheiro. O processo ao qual ela responde retomará seu curso.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


5 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Joga no vento
10 meses atrás

Quem é a tal mulher, joga na roda a fofoca?
Quem era o homem supostamente assassinado por ela?

Madimboo
10 meses atrás

Podia colocar a notícia completa. Como ocorreu o crime.

Só observando
10 meses atrás

Aos 90 minutos do segundo tempo kkkkkkkk

Pinheirense
10 meses atrás

Pra família da vítima um alívio saber que ela responderá pelo crime. Uma vida tirada enquanto ela levava a vida normal.

Pinheirense
10 meses atrás

Da onde que a PRF, pede doc. de passageiros? Claro que foi denúncia