Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioPoliciaisMulher diz que cunhado colocou veneno de carrapato na cerveja dela, em...

Mulher diz que cunhado colocou veneno de carrapato na cerveja dela, em Minas Gerais

A vítima chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o atendimento médico e foi socorrida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito

Publicado em

Uma mulher de 42 anos registrou um boletim de ocorrência na Polícia Militar relatando que o cunhado dela teria colocado veneno para carrapato na cerveja dela, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, neste domingo (7).

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

A mulher contou que estava tomando cerveja com o cunhado e que ele teria colocado um líquido, no copo dela, que ela suspeita ser veneno para carrapato. Ela ingeriu um pouco do líquido misturado a cerveja. 

A vítima chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o atendimento médico e foi socorrida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito. 

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

A mulher disse que o cunhado jogou fora a garrafa com o veneno e, por isso, ela não conseguiu levar o líquido até ao atendimento médico. A ocorrência foi repassada para a Polícia Civil para investigações.

FonteO Tempo

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Geraldo
10 meses atrás

Isso que é um cunhado bom.

Elair Maciel Campos
10 meses atrás

E cunhado, imagino se fosse a sogra.

Publicidade

mais artigos