InícioDestaqueMulher se esconde no mato com filhos pequenos para não ser agredida...

Mulher se esconde no mato com filhos pequenos para não ser agredida pelo marido em Brasilândia de Minas

A mulher e os filhos foram resgatados pela Polícia Militar

Publicado em

Na madrugada da última segunda-feira (02), uma mulher de 37 anos e seus dois filhos pequenos tiveram que se esconder no mato para não ser agredida pelo próprio marido na zona rural de Brasilândia de Minas. Ela e as crianças foram resgatadas pela PM e o homem não foi encontrado.

O JP Agora apurou que o homem tem 30 anos e iniciou as agressões por volta das 23 horas. A família mora em uma fazenda localizada na estrada Pirapora, distante cerca de 23 km do Centro de Brasilândia. Em um dado momento, a mulher conseguiu fugir do marido e se escondeu no mato junto com seus dois filhos pequenos.

Do local seguro em meio ao mato, a mulher conseguiu acionar a PM, que se deslocou imediatamente ao local. Apesar da rapidez da guarnição, a vítima e as crianças passaram por momentos de tensão ao ficar escondida do marido, que estava embriagado e bastante agressivo. Então, os policiais a encontraram e realizaram o resgate.

Segundo apurado, o agressor fugiu depois de bater na esposa e não foi encontrado pela PM. O caso foi registrado para providências futuras e a vítima foi orientada quanto aos seus direitos.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
GALO DOIDO
27 dias atrás

O RAÇA RUIM ESSA NOSSA CREDO MEU DEUS

Irônico
26 dias atrás

A polícia tem q dialogar c esse homens q batem de uma forma mais incisiva p ver se eles aprendem a respeitar

mais artigos