“Murundum” é preso novamente depois de confessar furtos a restaurantes em João Pinheiro

Ricardo Ribeiro Costa, popularmente conhecido como “Murundum”, já foi notícia no JP Agora pela prática de roubos

Um homem bastante conhecido no meio policial pela prática de crimes contra o patrimônio foi preso novamente na madrugada desta quinta-feira (05) depois de confessar que furtou dois restaurantes em João Pinheiro. Em uma delas, a ação foi flagrada por câmeras de segurança. Ricardo “Murundum”, como é conhecido, foi abordado com diversos produtos provenientes dos furtos.

A equipe de reportagem do JP Agora apurou que os policiais foram acionados a comparecerem em um dos restaurantes, onde a proprietária do estabelecimento contou que o circuito interno flagrou um indivíduo magro, trajando blusa de frio marrom, calça jeans e tênis furtando o dinheiro do caixa nos dias 03 e 04 de julho de 2021. No total, R$340,00 (trezentos e quarenta reais) foram subtraídos.

Iniciados os rastreamentos, a PM localizou um homem com as mesmas vestimentas da descrição próximo a outro restaurante. Tratava-se de Ricardo Ribeiro Costa. “Murundum”, como Ricardo é conhecido, portava um roteador de internet, um carregador portátil, um cabo usb, dois celulares e uma carteira de bolso. Questionado, ele confessou que furtou os objetos do restaurante próxima ao local da abordagem.

Publicidade
Colégio Darcília Coímbra João Pinheiro - Matrículas Abertas

Murundum confessou, ainda, que furtou o dinheiro do primeiro restaurante e que comprou um dos celulares com o dinheiro, além de pedras de crack que já havia fumado. A dona do segundo restaurante reconheceu os objetos e Ricardo foi preso em flagrante por ambos os furtos.

Regime semiaberto e passagens pela polícia

Ricardo se encontra no regime semiaberto e é tido como suspeito de diversos outros furtos e arrombamentos. No ano passado, ele virou notícia no JP Agora depois de tentar assaltar o mesmo posto de combustíveis duas noites seguidas. Relembre o caso.

Armado com uma faca, Ricardo “Murundum” assaltou o Posto Petrominas pela primeira vez no dia 02 de setembro. O frentista foi surpreendido e cerca de R$350,00 (trezentos e cinquenta reais) foram subtraídos. Logo na noite seguinte, no dia 03 de setembro, o indivíduo voltou ao posto novamente armado, acertou um golpe de faca na mão do frentista, mas não roubou nada.

O frentista, temendo por sua vida, tentou se defender, momento em que o assaltante desferiu um golpe de faca na sua direção. A vítima segurou a lâmina com as mãos e acabou se ferindo.

O autor fugiu do local assim que percebeu que a vítima havia se ferido. O frentista seguiu até a UPA a pé para ser socorrido e a Polícia Militar foi acionada. Os policiais analisaram as imagens do circuito interno do posto e desconfiaram que o autor poderia ser Ricardo Ribeiro, conhecido como “Murundum”, e iniciaram os rastreamentos imediatamente.

O suspeito Ricardo Ribeiro foi localizado nas proximidades da UPA, no bairro Papagaio. Ele não trajava as mesmas roupas utilizadas na hora do assalto, mas estava com manchas de sangue na perna esquerda. Em razão dos indícios, os militares se deslocaram até a residência do suspeito, onde encontraram as roupas descritas pela vítima no tanque, todas com vestígios de sangue. Encontraram, ainda, uma outra blusa de mangas compridas de cor azul, semelhante àquela utilizada no roubo anterior, no mesmo posto.

Ricardo “Murundum” foi preso em flagrante e encaminhado à presença da autoridade policial. Na delegacia, o autor confessou a autoria do roubo de terça-feira e também da tentativa da noite de ontem. Ele afirmou, ainda, que não tinha a intenção de ferir o frentista. A vítima lesionou um tendão da mão direita e precisou passar por cirurgia, motivo pelo qual seguiu internada.

8 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


8 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Família das molas precisa intervir
4 meses atrás

João das molas tem que arrumar um jeito de internar esse filho dele gente.

paulo fernando
3 meses atrás

Menino ate mas deixou a droga tomar conta infelismente

Adriana
3 meses atrás

Procure conhecer a luta da família antes de dar sua opinião.

paulo fernando
3 meses atrás
Resposta para  Adriana

Sei que voces o ajudam ate ja intenarao varias vezes forca pra familia que sempre lutou DEUS ABENCOE VOCES

paulo fernando
4 meses atrás

tomou gosto pelos furtos ai fica dificil. prefiro trabalhar

Situação de ódio
3 meses atrás

Tem uns dois Aki também na rural , precisando de ser pego pela polícia tá passando de hora…

Maria
3 meses atrás

Não devemos atribuir a responsabilidade a familia, pois com certeza quando o adotaram foi com intenção de fazer dele um homem de bem como os outros filhos de sangue, com a mesma criação e dando as mesmas oportunidades que os outros tiveram, mas a personalidade dele é outra, infelizmente.

Pelo certo
3 meses atrás

Relaxa o dele tá a caminho seu é pegar moscando na madruga é mal.

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias