Publicidade
Ifood chega em João Pinheiro - Pedido a R$ 0,99
Publicidade
Ifood chega em João Pinheiro - Pedido a R$ 0,99

Peça teatral 100% pinheirense será exibida na Casa da Cultura nesta quarta-feira (22)

“Os Bonecos Pinheirenses” conta, de forma lúdica, um pouco da história de João Pinheiro

Acontecerá, nesta quarta-feira 22 de junho, às 20:30h a apresentação do grupo de teatro Uai Sô no Cine Sinhá Maria com a peça “Os Bonecos Pinheirenses”. A apresentação também será transmitido pelo YouTube e conta com equipe 100% pinheirense. O JP Agora procurou a escritora, diretora e atriz Val Martinez para saber mais.

Publicidade
WN Telecom - Promoção de Aniversário

Valdirene Aparecida Martins de Amaral, 43 anos, contou ao nosso repórter que é natural de João Pinheiro e que foi morar em Brasília aos 19 anos, onde viu sua paixão pelo teatro se intensificar ainda mais com a graduação em Bacharelado em Teatro pelo Instituto de Educação Superior de Brasília, bem como com a licenciatura pedagógica em artes visuais. Atualmente, Val Martinez mora em João Pinheiro e dá aulas de artes, além de ser empreendedora no ramo de pratas, atriz teatral, diretor teatral e digital influencer.

“A primeira vez que tive contato com as artes cênicas e despertei o amor pelo o teatro foi em nossa cidade de Joao Pinheiro através de peças apresentadas de forma religiosa na igreja católica, desenvolvendo as apresentações em grupos de jovens. Logo em seguida fiz parte de uma companhia de teatro chamada TEECOPAZ, formada por 40 integrantes, aos 17 anos já desenvolvi o trabalho de atriz e diretora teatral nesse grupo, ensaiando e organizando as apresentações em igrejas, associações e escolas. Em 1999 o grupo foi desfeito e logo após fui para Brasília trabalhar e me aprofundar no que eu mais amo que é a arte cênica. E lá me formei, interpretei em algumas peças teatrais e me especializei em direção teatral” contou Val Martinez à reportagem do site.

Publicidade
Dione Motos em João Pinheiro - Pneus de qualidade

A pinheirense contou, ainda, que retornou à sua terra natal com a pandemia, quando então fundou a Companhia Uai Sô para representar a cultura mineira e despertar a curiosidade através deste dizer tão habitual e regional. A ideia era trazer entretenimento e cultura à cidade fácil de ser amada.

Peça teatral 100% pinheirense será exibida na Casa da Cultura nesta quarta-feira (22)
Foto: Arquivo Pessoal Val Martinez

Foi então que surgiu a peça “Os Bonecos Pinheirenses”, criada por Val Martinez para ser apresentada em uma das escolas estaduais que ela lecionava em Luizlândia do Oeste. Infelizmente, com a pandemia, a apresentação não aconteceu, mas, através da Lei Aldir Blanc, a pinheirense resolveu elevar a peça a outro patamar.

Publicidade

“Com o projeto da Lei Emergencial Cultural nº. 14017/2020 da Aldir Blanc vi a oportunidade de apresentar a minha peça já escrita. Com o apoio do proponente João Vitor Oliveira, o projeto foi aprovado e assim surgiu a companhia UAI SÔ e a peça Os Bonecos Pinheirenses, a qual traz personagens compostos por três atores, Hellen Braga que interpreta a Lili (personagem já existente de autoria da atriz ) que é uma representação de uma boneca inteligente, Marcos José interpreta o Tico um boneco marrento, muito crítico e de personalidade forte e opressora e por fim Val Martinez interpreta a Leleka representação de uma boneca muito inocente e com alto grau de déficit de atenção e que precisa ser incluída para a socialização” pontuou Val Martinez.

Segundo Val, a peça tem 40 minutos e envolve comédia, regionalidade e inclusão social. Juntando tudo isso, a companhia Uai Sô promete contar um pouco do surgimento da cidade de João Pinheiro e a importância da inclusão social de crianças especiais no meio social. A apresentação vai acontecer na próxima quarta-feira, 22 de junho, no Cine Sinhá Maria. Os ingressos presenciais são limitados a apenas 40 poltronas, mas a peça vai ser transmitida pelo YouTube pelo canal Val Maritnez & Cia.

Publicidade
Peça teatral 100% pinheirense será exibida na Casa da Cultura nesta quarta-feira (22)
Foto: Arquivo Pessoal Val Martinez

“Este trabalho artístico teatral será de grande importância para o nosso município como fonte de entretenimento cultural para os jovens e a quem se interessar pelo o teatro, abrangendo o público em geral, já que teatro é uma novidade em nossa programação cultural e com certeza esse será um grande marco em nossa cultura local, servindo como enriquecimento cultural de nossa cidade. E fico muito feliz e lisonjeada por fazer parte desse projeto nessa cidade fácil de ser amada que é a nossa João Pinheiro. Agradeço o incentivo e apoio da Prefeitura Municipal de João Pinheiro, Casa da Cultura de João Pinheiro, Sectel, Lei Aldir Blanc e a Tic Tac” destacou Val Martinez.

Os interessados em assistir à peça presencialmente deve entrar em contato pelo Instagram no perfil @srta.valmartinez.

Publicidade

6 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
6 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Maurício
12 dias atrás

helen ainda te amo ficou linda parabéns

Inconformado
12 dias atrás

Não dá pra acreditar nos projetos que foram aprovados aqui em João Pinheiro por esse lei, lives que ninguém assistiu, tudo super faturado.

João
12 dias atrás
Resposta para  Inconformado

Conversando pela rabiola né amigo, mostra sua cara.

Recado está dado
12 dias atrás
Resposta para  Inconformado

Não assistiu porque não teve interesse, não diga o que você não tem prioridade para dizer, falar no anonimato é fácil, quero ver é ir e fazer como esses artistas pinheirenses estão fazendo e estão todos de parabéns!

Pinheirense
9 dias atrás
Resposta para  Recado está dado

Deveria ter uma matéria aqui no JP agora com os valores que foram pagos pela lei audir Blanc aqui em João Pinheiro, pra gente ter mais transparência.

Recado está dado
5 dias atrás
Resposta para  Pinheirense

Recado está dado: Engraçado que a maioria está interessada é no dinheiro distribuído e não na arte e na cultura da nossa cidade, nos artistas que temos, aposto que os mais interessados a saber são os que menos tem o que fazer ou talento para apresentar, só critica, que bom que João Pinheiro tem estes artistas pois essa verba são para eles, e de direito, se não os tivessem que vocês deveriam se preocupar para onde foi esse dinheiro!

Publicidade

Artigos relacionados

Últimas Notícias