PM fecha Show Ball alegando descumprimento das regras do decreto da Covid-19 em João Pinheiro

O proprietário do local foi levado até o quartel e liberado após assinar o TCO

Em mais uma ação de fiscalização das regras do decreto municipal que visa conter o avanço da Covid-19, a Polícia Militar fechou mais um estabelecimento em João Pinheiro. Desta vez, os militares flagraram aglomeração de pessoas no Show Ball, que promove a prática de esportes, fecharam o local e levaram o proprietário para o quartel.

O Show Ball é conhecido na cidade por promover a prática de esportes físicos há anos em João Pinheiro. Sempre pensando na inovação, Roberto Gonçalves, proprietário do empreendimento, trouxe novos esportes para o município, inclusive investiu em uma nova quadra de tênis recentemente, modalidade que vem crescendo cada vez mais entre os esportistas pinheirenses.

Na noite de ontem (24), após receberem denúncias anônimas, policiais militares foram até o Show Ball e visualizaram diversas pessoas praticando atividades físicas como futebol, futevôlei, tênis, dentre outros, o que, segundo os policiais, estava causando aglomeração de pessoas.

Publicidade
Dom Churrasco em João Pinheiro - Barca de Churrasco e Jantinha

Ainda segundo a polícia, havia cerca de 30 pessoas no local praticando atividades físicas. Por isso, o proprietário foi enquadrado por supostamente descumprir o artigo 6º do Decreto, que preceitua que “Permanece a proibição de realização de quaisquer atividades que gerem entretenimento em locais públicos e privados, como serestas, jogos, atividades esportivas, shows, festividades, músicas ao vivo (…).”

O proprietário Roberto Gonçalves não concordou com a ação da Polícia Militar e argumentou que participou recentemente de uma reunião com autoridades locais, as quais autorizaram o seu funcionamento, assim como das academias. Disse, ainda, que cumpre todos os protocolos de higiene mas, mesmo assim, ele foi conduzido até o quartel para a finalização da ocorrência, sem, contudo, ser algemado.

Já no quartel, Roberto insistiu que estava autorizado a funcionar e apresentou a ata da reunião que havia citado. Nela, o Prefeito Municipal, vice-prefeito, comandante da Polícia Militar, demais autoridades sanitárias e vereadores do município acordaram acerca das normas sanitárias a serem seguidas para que o estabelecimento não fosse fechado.

Mesmo assim, o TCO foi lavrado e Roberto deverá comparecer em audiência a ser designada pela justiça. Ele foi liberado assim que assinou o termo.

8 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


8 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Roger Federer
10 meses atrás

Se as academias podem, lá também devia poder, esporte é saúde.

Eduardo
10 meses atrás

O Coisa boa falta do Dedé Diretor de esportes da casa Cultura Avisa foi não, parabéns Dedé e PM agora só falta tira o Juarez do Manoel Luiz e que usar energia e água e usar lá como empresa faz portões etc..

Celsinho devia ter ganhado
10 meses atrás

Edinho tá vacilando devia mandar era fechar tudo e fazer toque de recolher ou então não fechar nada, pq alguns lugares podem funcionar e outros não? Do jeito que tá não vai fazer efeito nenhum.

Jp01
10 meses atrás

Acho injusto, fechar/privar alguns estabelecimentos e outros não!
Ou fechada TUDO, ou deixa funcionar normal.

Delton
10 meses atrás

Têm q fechar mesmo fechou a escolinha do Cruzeiro

Clara
10 meses atrás

Se academia pode ficar aberta,ele tbm tem direito

Eduardo
10 meses atrás

Parabéns ao site jpagora pelo jornalismo sério e a PM

Karen
10 meses atrás

Um absurdo!!! Lá tinha autorização para funcionar!!! E não tinha ninguém infringindo as normas do Decreto!!

Artigos relacionados

Últimas Notícias