InícioCidadePM pretende intensificar fiscalização da Lei Seca em João Pinheiro neste fim...

PM pretende intensificar fiscalização da Lei Seca em João Pinheiro neste fim de semana; Tenente Guilherme explica

Militar concedeu entrevista à imprensa comentando sobre motoristas que fazem uso de bebida alcoólica

Publicado em

A Polícia Militar de João Pinheiro pretende intensificar as fiscalizações da Lei Seca no município neste fim de semana. Em coletiva à imprensa, Tenente Guilherme comentou a respeito do aumento das ocorrências de embriaguez ao volante e sobre as consequências que tal conduta irresponsável pode trazer tanto para os motoristas quanto para os demais. Confira a seguir.

A coletiva de imprensa que contou com a presença do Tenente Guilherme foi realizada nesta sexta-feira, 05 de maio de 2023. Na oportunidade, o militar comentou que a semana foi tranquila e que a PM pretende intensificar os trabalhos preventivos para que a normalidade seja mantida em João Pinheiro, o que vai acontecer com operações de batidas policiais e fiscalizações relacionadas à Lei Seca.

“Esperamos que o final de semana também permaneça tranquilo e já estão previstas diversas operações policiais preventivas. Ganha atenção as operações Lei Seca, operações de atenção no trânsito, as quais, na medida que são realizadas, nós garantimos tanto a segurança do trânsito quanto conseguimos verificar pessoas em que porventura estejam com mandado de prisão em aberto, veículos que estejam em situação irregular e, ainda, na operação lei seca ainda é observado a questão de bebida alcoólica e condução de veículos automotores” destacou.

Tenente Guilherme comentou, ainda, que, apesar das penas da lei serem duras, grande parte dos motoristas abordados em João Pinheiro ainda insistem em combinar álcool com direção. Por isso, ele garantiu que a PM vai atuar pesado para garantir as pessoas que utilizam o trânsito.

“Esse fim de semana nós vamos atuar pesado na questão da Lei Seca e tudo no sentido de garantir a segurança das pessoas que utilizam o trânsito. A multa para embriaguez ao volante gira em torno hoje de uns R$3.000. Mas nem tanto só o valor, os efeitos negativos que isso traz, a insegurança que provoca a pessoa que usa em excesso de bebida alcoólica é assume a direção de veículo automotor é muito mais pesado em um eventual acidente, no eventual atropelamento, uma situação que coloca em risco a vida e integralidade física de outras pessoas é muito mais do que o próprio valor da multa” finalizou o Tenente Guilherme.

Ao final da entrevista, o Tenente Guilherme sugeriu aos que ainda insistem em dirigir embriagados que utilizem de outros meios para se deslocar, como táxis e motoristas de aplicativo.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Falei
9 meses atrás

João Pinheiro sempre foi vista como cidade sem lei. Embriaguez e volante juntos nesta terra é igual café com pão de queijo. Uma vergonha seja na cidade ou na volta dos sítios. Se os Militares de agora por meio do Comandante conseguir fazer valer a Lei Seca merecem medalhas