InícioCidadePolícia Militar apreende uma S10 clonada em João Pinheiro; homem de 47...

Polícia Militar apreende uma S10 clonada em João Pinheiro; homem de 47 anos foi preso

Veículo foi abordado no Bairro Cais e a clonagem foi confirmada pela Polícia de Mato Grosso, onde o verdadeiro veículo está registrado

Publicado em

Na tarde desta segunda-feira, 05 de fevereiro, a Polícia Militar de João Pinheiro apreendeu mais um veículo clonado. Desta vez, uma S10 de cor branca foi o alvo. A clonagem foi confirmada pela Polícia Militar de Mato Grosso, local onde o verdadeiro veículo estava. O motorista foi preso.

As informações apuradas pela redação do JP Agora apontam que o veículo em questão foi localizado no Bairro Cais. A caminhonete S10 de cor branca estava estacionada próximo a uma zona quente de criminalidade, o que motivou a pesquisa da placa nos sistemas informatizados.

Não demorou muito até que os policiais constataram que o veículo estava registrado na cidade de Ribeirãozinho – MT. Questionado, o suposto proprietário informou que adquiriu a caminhonete em Paracatu e informou que não possuía nenhum documento referente ao negócio. Então, a Polícia entrou em contato com o real proprietário, que constava no registro do veículo, e este informou que sua caminhonete estava em uma oficina na cidade de Ribeirãozinho – MT.

O real proprietário alegou, ainda, que estava recebendo multas da cidade de João Pinheiro, motivo pelo qual ele já suspeitava que sua caminhonete havia sido clonada. A Polícia do Mato Grosso entrou na ocorrência e se deslocou até a oficina, onde constatou a presença da caminhonete alvo da clonagem. Em razão disso, o homem de 47 anos foi preso por receptação qualificada e encaminhado à Delegacia.

O caso se soma às dezenas de apreensões de veículos clonados realizadas em João Pinheiro recentemente. Apenas em janeiro, foram apreendidos mais de 10 veículos na mesma situação, o que motivou o trabalho direcionado da Polícia Civil para combater o que, supostamente, se trata de uma quadrilha especializada nesta prática criminosa.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
depenada
2 meses atrás

Depois dessa putaria de placa azul mercocú a malandragem tá nadando de braçada, um simples aplicativo, somado aos inseguros sistemas do estado possibilitam o acesso do vagabundo aos dados do proprietário e do veículo. A placa azul sem a cidade e a união federativa de origem do veículo dificulta nas denuncias e o levantamento de suspeita…