Polícia Militar impede suicídio na ponte do Rio Urucuia, em Buritis

Os policiais receberam informações de que a mulher estava a caminho e que pularia da ponte

A Polícia Militar de Minas Gerais impediu que uma mulher de 37 anos tirasse a própria vida na madrugada do último domingo (09) em Buritis, noroeste do estado. Os policiais receberam informações por volta das 03:30h da madrugada dando conta que a mulher estava indo para a ponte do Rio Urucuia. Eles chegaram a tempo e impediram o ato.

Assim que receberam as informações, imediatamente uma guarnição foi encaminhada para o local. Quando chegaram, os policiais se depararam com a mulher sentada à beira da passarela no corrimão da ponte.

Assim que avistou os militares, a mulher ameaçou pular. Eles, então, mantiveram uma distância segura e começaram a conversar com a mulher, conseguindo acalmá-la um pouco. Ela afirmou que havia ingerido bebida alcoólica e remédios controlados e solicitou a presença da filha para se despedir.

Depois de longos trinta minutos de conversa, o Sargento Harley conseguiu agarrar o braço da mulher num momento de distração. Em seguida, o Cabo Moreira pulou a viga de concreto e a agarrou, impedindo que ela conseguisse se jogar da ponte.

A ambulância municipal socorreu a mulher até o hospital, onde ela permaneceu em observação graças a resposta rápida da Polícia Militar.

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
gustavo
1 ano atrás

AMÉM

Artigos relacionados

Últimas Notícias