InícioBrasilPresos ligados ao Comando Vermelho fogem de presídio de segurança máxima

Presos ligados ao Comando Vermelho fogem de presídio de segurança máxima

Incidente marca a primeira fuga da história do sistema penitenciário federal; operações da PF buscam recapturar os foragidos

Publicado em

Na manhã desta quarta-feira, 14 de fevereiro, a Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, foi palco de um evento sem precedentes, a fuga de dois detentos vinculados à facção criminosa Comando Vermelho. Os foragidos, Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça, ambos originários do Acre, conseguiram evadir-se da unidade de segurança máxima, gerando ampla mobilização das autoridades federais.

Esta fuga representa a primeira do tipo nas cinco instalações de segurança máxima sob a administração do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Nascimento e Mendonça haviam sido transferidos do Complexo Penitenciário de Rio Branco para Mossoró em setembro de 2023, com previsão de cumprimento de pena sob o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) por dois anos.

O secretário nacional de Políticas Penais, André Garcia, deslocou-se imediatamente para Mossoró para liderar as investigações e determinar as circunstâncias que permitiram a fuga. Adicionalmente, a Polícia Federal foi acionada para efetuar a recaptura dos fugitivos e investigar o incidente, estando operações já em andamento.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública enfatizou o compromisso do sistema penitenciário federal com a disciplina e segurança, citando sua histórica eficiência em prevenir fugas, rebeliões e a entrada de materiais proibidos. A fuga dos detentos ligados ao Comando Vermelho acende um alerta sobre a segurança nas unidades federais, instigando uma revisão urgente de procedimentos e medidas de contenção.

O episódio em Mossoró não apenas desafia a reputação do sistema penitenciário federal como também convoca uma resposta coordenada e eficaz para garantir a segurança pública e a integridade do regime prisional no Brasil.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Cv
1 mês atrás

Slv slv e o trem mais caro ✌🏽🚂😅