Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeRedução de impostos faz gasolina cair abaixo de R$ 6,00 o litro...

Redução de impostos faz gasolina cair abaixo de R$ 6,00 o litro nos postos de João Pinheiro

A redução de impostos nos combustíveis vale até o dia 31 de dezembro de 2022

Publicado em

A redução de impostos nos preços dos combustíveis já pode ser sentida pelos proprietários de veículos em João Pinheiro. Desde o início da semana, a gasolina e o etanol estão sendo vendidos com descontos consideráveis. A notícia ruim é para quem utiliza o diesel, que praticamente não teve alteração. A redução de impostos nos combustíveis vale até o dia 31 de dezembro de 2022.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A medida fixa o teto de 17% para a cobrança de ICMS para os combustíveis e reduz a zero as alíquotas de Cide-Combustíveis e PIS/Cofins incidentes sobre a gasolina. Atualmente, tais tributos federais já estão zerados para diesel e gás de cozinha. Além disso, o governo reduziu a zero a PIS/Cofins incidente sobre álcool hidratado e sobre álcool anidro adicionado à gasolina.

Em João Pinheiro, as medidas foram suficientes para reduzir o preço da gasolina. O preço médio desse combustível está em torno de R$ 6,27 nas bombas, mas já é possível encontrar gasolina abaixo de R$ 6,00 em alguns postos. O álcool também teve redução importante. O combustível que chegou a ser vendido na casa dos R$ 5,29, hoje pode ser encontrado por um preço médio de R$ 4,73.

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

A medida só não foi suficiente para baixar o preço do diesel, que já tinha alíquotas de impostos reduzidas. O combustível é vendido nos postos de João Pinheiro por um preço médio de R$ 7,46 o litro. É primeira vez que o preço do diesel fica acima do preço da gasolina no Estado. Vale lembrar que esse combustível impacta sobre os preços transportes em geral, influenciado no custo de quase toda a cadeia produtiva.

Postos terão que anunciar preços de antes da redução de ICMS

E a partir desta quinta-feira (7), os postos de combustíveis de todo país estão obrigados a divulgar, de forma “correta, clara, precisa, ostensiva e legível”, os preços dos combustíveis que eram cobrados, em cada empresa, no dia 22 de junho de 2022, “de modo que os consumidores possam compará-los com os preços praticados no momento da compra”.

Publicidade

A determinação, com vigência até 31 de dezembro de 2022, consta do decreto nº 11.121, publicado no Diário Oficial da União de hoje.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Lua
4 meses atrás

Se a gasolina tá mais barata é tudo culpa bolsonaro!

Última edição 4 meses atrás by Lua
De vagar
4 meses atrás

Parabéns João Pinheiro, Brasilandia nada de redução…

Publicidade
joaquim
4 meses atrás

aqui só nao fica com preço menor ainda por conta do cartel. Esse proprietário do trevo 2 depois que chegou aqui dominou, e o pior fica cheio de gente puxando saco..kkk

mais artigos