InícioBrasilSaiba quem é o homem que matou crianças a golpe de machadinha...

Saiba quem é o homem que matou crianças a golpe de machadinha em creche de Blumenau

Luiz Henrique de Lima, autor do crime, tem passagens pela Justiça e trabalha como motoboy

Publicado em

Na manhã de quarta-feira (5), um ataque brutal a uma creche em Blumenau, Santa Catarina, chocou o país. O responsável pelo crime que matou quatro crianças a golpe de machadinha foi identificado como Luiz Henrique de Lima, de 25 anos.

Nascido em 19 de dezembro de 1997, Luiz é natural de Salto do Lontra, no Paraná. Atualmente trabalhava como motoboy e residia em Blumenau. Segundo informações da Polícia Militar de Santa Catarina, o autor do ataque possui passagens pela Justiça e, ao se entregar, não falou nada sobre suas motivações.

O ataque ocorreu no Centro de Educação Infantil Cantinho Bom Pastor, quando Luiz invadiu o local e desferiu golpes de machadinha contra as crianças, especialmente na região da cabeça. As vítimas fatais foram identificadas como Bernardo Cunha Machado, de 5 anos, Bernardo Pabst da Cunha, 4, Larissa Maia Roldo, 7 e Enzo Marchesin Barbosa, 4.

Além das crianças mortas, outras quatro ficaram feridas e foram encaminhadas aos hospitais Santa Isabel e Santo Antônio. A tragédia mobilizou a comunidade e causou grande comoção em todo o país.

A Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Santa Catarina está responsável pela investigação do caso. Segundo o delegado Ronnie Esteves, titular da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Blumenau, a Polícia Civil busca identificar a motivação do crime o mais rápido possível. Boatos nas redes sociais sugerem que o autor do ataque participava de um jogo de desafio na internet com o objetivo de assassinar crianças.

“A gente sabe que está correndo muitas coisas nas redes sociais relacionada a novos ataques, mas a gente pede para a população ter calma e paciência”, observou o delegado. A área de inteligência da polícia trabalha para esclarecer as circunstâncias do crime e dar uma resposta à sociedade. Uma equipe da Deic de Florianópolis está a caminho de Blumenau para auxiliar na investigação. Até o momento, não foi identificada ligação do suspeito com a creche.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João Pinheiro
10 meses atrás

Façam como os maiores jornais, exclua a foto e o nome do autor, não fique dando fama nem nomes, atiçando a imaginação dessa geração sem valores, pensem em quem tem filhos nas creches de nossa cidade. Podem fazer uma reportagem show, sem ter foto, sem ter nomes.

De olho
10 meses atrás
Resposta para  João Pinheiro

Exatamente! Seria prudente não dar visibilidade a esse tipo de pessoa! Não divulgue nome, foto e nem histórico desse tipo de pessoa.

Abençoada por Deus.
10 meses atrás

Como que pessoas adentram assim numa creche? Sem ser monitorada, questionada. Foi fazer o quê lá?

De olho
10 meses atrás
Resposta para  Abençoada por Deus.

Ele pulou o muro, senhora!