InícioCidadeSecretaria de Educação "recontrata" monitor suspenso por caso de agressão em creche...

Secretaria de Educação “recontrata” monitor suspenso por caso de agressão em creche municipal de João Pinheiro

A suspensão de 180 dias ainda não terminou e o monitor em questão teria sido contratado novamente

Publicado em

Uma confusão que aconteceu em outubro do ano passado na CEMEI Terezinha de Almeida ganhou um novo capítulo neste ano. Isto porque o monitor envolvido na confusão, acusado de agredir fisicamente outra monitora, foi recontratado pela Secretaria de Educação para, supostamente, exercer a função de monitor em outra creche, mesmo estando suspenso por 180 dias. Entenda.

Em outubro, a reportagem do JP Agora noticiou a confusão registrada na CEMEI Terezinha Almeida. Conforme apurado na ocasião, a briga começou entre duas monitoras por conta dos cuidados de uma criança. A discussão verbal evoluiu para agressões e uma das mulheres acusou o jovem em questão, que também era monitor, de ter lhe agredido fisicamente.

Nesta semana, a redação do site recebeu a denúncia de que o monitor em questão teria sido recontratado, mas para exercer o cargo na CEMEI Mundo Encantado. A imagem enviada para o JP Agora foi postada pelo monitor em seu Facebook no dia 02 de fevereiro, onde ele celebra o início do ano letivo. A foto chamou a atenção dos demais servidores municipais, já que o homem ainda cumpre suspensão de 180 dias.

Diante da denúncia, entramos em contato com funcionários da CEMEI Mundo Encantado e fomos informados que o homem não integra o quadro de funcionários da creche. Porém, nos dias 01 e 02 de fevereiro, aconteceu uma capacitação com professores e monitores contratados da rede municipal e ele estava presente, o que reforça a suspeita de que o monitor possa ter sido contratado pela Prefeitura antes mesmo da punição de suspensão de 180 dias de afastamento.

O fato causou estranheza e um certo desconforto entre os servidores da educação. O JP Agora questionou a Secretária de Educação – Izolina Romana. Em resposta, a Secretária de Educação explicou que, após as agressões, o monitor, que no ano passado era contratado pela Secretaria Municipal de Educação, foi suspenso por 180 dias, e que sua suspensão vai até o dia 04 de maio deste ano.

Questionada sobre a contratação antes do período de suspensão, Izolina disse que o monitor estava fazendo cursos no CEMEI Mundo Encantado, mas não está contratado por hora. Izolina pontuou que faltam pessoas para trabalhar nessa área e o monitor em questão, apesar de ficar menos de um ano em sua função, fez um ótimo trabalho, motivo pelo qual motivou a Secretaria vai contratá-lo novamente após o período de suspensão.

O JP Agora entrou em contato com o monitor, mas a solicitação de contato não foi respondida. O espaço permanece em aberto.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
GALO DOIDO
17 dias atrás

Parece que o cara esta e separando a briga posso estar enganado

Renata Coelho
16 dias atrás

prefeitura pode tudo

Adelaide
16 dias atrás

O rapaz estava tentando separar a briga, é nítido a moça indo empurrando a outra e ele chega e tenta separar