Publicidade
Atendimento emergencial OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeSuposto uso indevido de torneira pública por taxista no Centro entra na...

Suposto uso indevido de torneira pública por taxista no Centro entra na mira de vereador e do MP em João Pinheiro

O Vereador Cabo Vieira registrou uma ocorrência relatando que recebeu diversas reclamações contra o taxista Argemiro Moreira da Silva, de 74 anos

Publicado em

O suposto uso indevido da torneira pública existente em frente à Eletrozema por parte do taxista Argemiro Moreira da Silva entrou na mira do Vereador Cabo Vieira. Depois de receber inúmeras reclamações em seu gabinete, o edil resolveu registrar uma ocorrência policial e se comprometeu a levar o caso ao Ministério Público de João Pinheiro.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Em junho de 2021, o JP Agora noticiou o fato em seu portal de notícias e, na ocasião, diversas pessoas reagiram à reportagem corroborando à história de que Argemiro faz mal uso da torneira. Na época, Argemiro foi acusado de agredir um jardineiro que prestava serviço para a prefeitura porque ele teria pegado a mangueira para regar o jardim da praça.

Na tarde da última quarta-feira (09), Cabo Vieira acionou a Polícia Militar para registrar que foi procurado por várias pessoas em seu gabinete, todas relatando a mesma história de que o taxista usa a água da torneira pública para lavar o seu veículo e outros carros do seu interesse, inclusive alguns que são negociados em vendas e trocas nas proximidades da Praça Coronel Hermógenes. Foi relatado ao vereador, ainda, que Argemiro sempre procura confusão com quem para próximo às placas de taxi, de modo que ele consiga deixar “reservado” diversas vagas no local.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

Cabo Vieira registrou, ainda, que buscou informações a respeito de eventuais permissões concedidas ao taxista junto à Prefeitura Municipal de João Pinheiro, mas não lhe foi apresentado nenhum tipo de documento. O vereador pontuou, por fim, que levará o caso ao conhecimento do Ministério Público para as devidas providências.

O que diz o taxista

Assim como aconteceu na reportagem do ano passado, o repórter do JP Agora procurou Argemiro para que ele pudesse apresentar sua versão dos fatos. A respeito do episódio do Vereador Cabo Vieira, o taxista contou que ele o abordou de viatura no ponto de táxi de e o questionou a respeito da legalidade do ponto. Para ele, o vereador está confundindo suas competências de polícia e trabalhador do povo.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

“Não reconheci o vereador porque ele estava na viatura e de máscara. Inclusive, eu o conheço e respeito o trabalho dele. Meu filho, minha nora e meus dois netos votaram nele. É uma pessoa boa, mas parece que ele está misturando a autoridade de vereador com a de polícia, eu acho que isso é competência da prefeitura” disse Argemiro ao repórter do JP Agora.

Ainda sobre a abordagem realizada pelo vereador Cabo Vieira, Argemiro contou que disse para ele buscar as informações que procurava na prefeitura. O taxista contou, ainda, que não foi questionado a respeito do uso da água. Sobre o assunto, ele repetiu o que disse ao JP Agora no ano passado a respeito de uma autorização que recebeu da prefeitura para utilizar a água.

Publicidade

“Ele não comentou comigo a respeito do uso da água. O que eu tenho a falar hoje é que a água é da prefeitura, a torneira é minha toda vida porque eu tive autorização para arrumar há muitos anos. Eu uso a água para as pessoas que vem da roça, principalmente, usa para lavar os pés de uma criança, tomar água, então a água não é minha, a água é da prefeitura. Toda vida eu deixei isso bem claro. Muitas vezes que quebraram a torneira, eu arrumo para não ficar desperdiçando água porque a água não é minha mas tenho que zelar porque é bem público” explicou.

Argemiro contou, ainda, que o então prefeito Roosvelt Porto foi quem concedeu o ponto de taxi para ele no ano de 1998. “Estou desde 1998 naquele ponto. Roosvelt Porto que me colocou ali. Ele me autorizou escolher qualquer lugar e eu escolhi ali e estou lá desde essa época. Tenho amizade com o pessoal do banco, com o pessoal da Eletrozema. Se você procurar esse pessoal que estou te falando, todo mundo vai falar bem da minha pessoa. E outra, eu sempre faço é plantar árvore na cidade. Ali onde eu estou, já tem 8 árvore que eu mesmo plantei, lá perto da prefeitura foi todas eu que plantei, na rodoviária eu também plantei. Então eu gosto de zelar, gosto de criar coisas boas para a cidade” finalizou o taxista.

Publicidade

O JP Agora continuará acompanhando o caso, notadamente quanto ao possível procedimento a ser instaurado pelo Ministério Público para apurar a situação.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
18 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Bolsonaro
9 meses atrás

Se esse daí roubasse só água taria bão, esse Jamirão e o filho dele Grampão são os maiores Ladrões de João Pinheiro, pai e filho dois Bandidos Covardes 😡

Pinheirense
9 meses atrás

Tropeçando em suas próprias mentiras, quando disse que esta naquele ponto desde 2008, ele acampou naquele local a pouco menos de 10 anos, correu com o senhor que vendia agua de coco, pratica agiotagem, ponto de taxi totalmente irregular. É hora de o município rever estas questões, cidade está crescendo, demanda por taxi tem caído (ele apenas usa o ponto, não exercer a atividade) ocupa nada mais nada menos do que 06 vagas de veículos pequenos com sua atividade de compra e venda e revenda de veículos que pega como recebimento de contas, é hora de realocar ele para os… Leia mais »

Publicidade
Gemidao do táxi mentiu
9 meses atrás

O cara é tao burro q acho q ele não sabe q o cabo Vieira está na reserva e não anda na viatura kkkkk

Credo.
9 meses atrás

Não sei pra que essa bagunça toda… Se a torneira é pública é só ele não usar pra fins próprios e pronto… A conta é fácil… Se tá usando algo que não tem direito é constatado como roubo pelas leis brasileira… Simples né.

Publicidade
Verdadeiro Sincerão
9 meses atrás

Passou da hora de acabar com essa mamata.
Um malandro velho.
Pai de larápio novo.
Absurdo ter um tipo desse no centro de uma cidade, “tão caridoso”.
Se o filho dele vota , não volta não. Rssss

Bebê da mamãe
9 meses atrás

Uai si a torneira é dele É só tirar e a prefeitura colocar outra si o problema e esse
Cara chato acha q manda pois eu passo lá direto é vejo ele fica igual cachorro olhando pra carne no caso dele é a torneira kkkkk

Publicidade
Filhos da anarquia
9 meses atrás

Esse aí é carniça pura .

Jararaca Ensaboada
9 meses atrás

Comédia Comédia, circo brasil, aqui você é o palhaço.

Publicidade
Capitão do exército
9 meses atrás

Tá fácil, tira a torneira coloca um tampão no lugar, pega um Machado e pica aquele banco e as placas de táxi em 1000 pedaços.

Geralda
9 meses atrás

a família dele voltou no Pedro Gil, tinha que ter fiscalização parabéns cabo vieira eu trabalho a anos no banco e ninguém gosta dele não, mentiroso inventar coisas

Publicidade
BOLSONARO 2022
9 meses atrás

Vagabundo velho, deu muita sorte por cometer tantas atrocidades e ter ficado ilesos ate o presente momento, tanto esse marmota quanto o vagabundo nato daquele grampão, deram sortes porque só prejudicou pessoas passificas. Se tropeça com gente de sangue no olho ja teria recebido o que merece, o povo mais antigo de João Pinheiro sabe aos detalhes das atrocidades desses Lixos, o tal chamado Grampão em coluio com seu amigo tambem lixo que há alguns tempos, se protege pagando de bom môço nos negocios de agropecuaria do pai, ambos acometeu de inumeras aberrações na cidade. Há relatos, de que no… Leia mais »

Irônico
9 meses atrás

“a torneira é minha a vida toda!” E água q sai dela? É só dele ou é um bem público? O vovô é comédia enh?! Kkk

Publicidade
Beto
9 meses atrás

Parabéns ao Vereador . Cumprindo seu papel de homem e de cidadão.

APERTA O VÉIO NA MATEMÁTICA
9 meses atrás

Ele tá lá gastando água do povo, de graça, desde 1998.

Ou seja, 24 anos, ao beleléu. E o povo ohhhh, pague a conta em dias não, para ver o que a Copasa faz…

Tá fácil de fazer a conta: mil meu, co mil do seu Jota Pê Agora, co mil do vereador, co mil do Agemirão, co mil do Prefeito, co mil do povão, dá pra comprar quantas torneiras e distribuir água de graça pra cidade inteira?

Aí, até a Copasa vai à falência. Né mole não seu Jimirão do Táxi.

Publicidade
MITO
9 meses atrás

GRAMPAO VAI CAVAR UM POÇO PRA ELE FICA TRANQUILO KKKKKKKKK

Zebedeu
9 meses atrás

E agora Geovani 😁🤦‍♂️

Publicidade
Delton
9 meses atrás

O banco tamben e dele tira aquilho de la tamben aproveita e limpa tudo

BrasilândiaTerraSemLei👍🏻
9 meses atrás

Não é só ai em JP que ocorre estes Absurdos em Brasilândia de Minas Tem um Salão de Cabelereiro que se aponderou da Área Pública as Margens do Campo de Futebol. O Cidadão “Deles Cabelereiro” invadiu o espaço público…Começou com um Trailer e Hoje já fez uma Edificação no Local. Deveria a Prefeitura Municipal é os Vereadores Tomar Medidas, se não ficará fácil para que outros façam o mesmo! Se quer ter Seu espaço alugue um ponto ou compre não se apoçeie da Área Pública…É Crime!

Publicidade

mais artigos