InícioCidadeTragédia em Goiás: trabalhadores de Brasilândia de Minas estão entre os mortos...

Tragédia em Goiás: trabalhadores de Brasilândia de Minas estão entre os mortos em incêndio em canavial

Brasilândia de Minas chora a perda de Arlindo e Marcos, vítimas de incêndio devastador em canavial de usina em Goiás

Publicado em

Em um lamentável acidente ocorrido em Goiás, dois trabalhadores de Brasilândia de Minas, identificados como Arlindo e Marcos, perderam a vida em um incêndio devastador em um canavial de uma usina. A tragédia, que chocou o estado de Goiás, ocorreu nesta quinta-feira, 19 de outubro, e ainda está sendo investigada pelas autoridades competentes.

O fogo, que se alastrou rapidamente pelo canavial, não deu chances para que todos os trabalhadores presentes no local se evadissem a tempo. Além das vítimas fatais, outros trabalhadores sofreram ferimentos e estão recebendo os cuidados médicos necessários. A Polícia Militar e os bombeiros atuaram rapidamente no combate às chamas e no resgate das vítimas.

À PM, os responsáveis pela empresa prestadora de serviço no local, disseram que não sabiam ao certo a origem das chamas, mas que o fogo tomou conta de cerca de 400 hectares. Os bombeiros divulgaram que o incêndio começou por volta das 15h, e se espalhou por conta do vento forte e à alta temperatura. Testemunhas contaram à corporação que a usina usou 4 caminhões-pipa para controlar as chamas.

As chamas acabaram com a palhada de cana e diversos maquinários usados nos trabalhos, incluindo tratores, caminhões, ônibus e colhedeiras.

Os trabalhadores que morreram em um incêndio no canavial de uma usina tinham entre 31 e 49 anos. Quatro deles morreram no local e um chegou a ser encaminhado ao hospital, com cerca de 90% do corpo queimado, mas não resistiu. Veja abaixo quem são, segundo a confirmação da Polícia Civil:

  • José Ilton Francisco Luiz, 45 anos;
  • Aldo Batista Da Silva, 31 anos;
  • José Cicero Da Silva, 49 anos;
  • Arlindo Beto Rodrigues Sobrinho, 46 anos;
  • Marcos De Lima Souza, 36 anos.

Familiares e amigos de Arlindo Beto Rodrigues Sobrinho e Marcos De Lima Souza estão em luto, e a cidade de Brasilândia de Minas manifesta sua solidariedade neste momento de dor. As circunstâncias exatas do incêndio ainda estão sob investigação, e as autoridades competentes trabalham para esclarecer os fatos.

A empresa responsável pelo canavial manifestou e disse que está colaborando para apurar as causas do incêndio. Veja abaixo. 

“Nota Aguapeí Agroenergia: Lamentamos informar que, na quinta-feira, dia 19/10, aconteceu um inesperado incêndio nas áreas agrícolas de um dos nossos fornecedores de cana de açúcar, em São Simão, e, em razão de uma rajada de vento, o fogo se alastrou abruptamente. Cinco colaboradores faleceram. Dois trabalhadores feridos foram hospitalizados, mas já tiveram alta. Ainda não há mais informações sobre o que efetivamente provocou o incêndio, mas estamos colaborando com as autoridades da melhor forma possível para apuração das causas. Por fim, prestamos nosso total apoio, solidariedade e condolências aos familiares das vítimas bem como estimas de melhoras aos feridos. A Aguapei está disponibilizando apoio integral e irrestrito, neste momento de dor, para as famílias das vítimas fatais e dos feridos. Essa é a prioridade nesse momento.”

É essencial destacar que o ambiente de trabalho em locais como canaviais requer atenção constante quanto à segurança, visando evitar tragédias como esta. A usina em questão e as autoridades locais estão tomando todas as medidas necessárias para apurar o incidente e garantir que medidas preventivas sejam implementadas.

.

FonteG1
Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Antônio Batista
9 meses atrás

Muito triste o ocorrido! Que Deus conforte a família.