InícioCidadeVereador de Serra do Salitre é preso suspeito de negociar mais de...

Vereador de Serra do Salitre é preso suspeito de negociar mais de uma tonelada de café furtado

Marconi Vieira Alcântara foi detido junto com três outros homens por receptação

Publicado em

Um vereador de Serra do Salitre e mais três homens foram presos na tarde desta quarta-feira (4) suspeitos de negociarem sacas de café furtadas de fazendas da região em setembro e dezembro de 2022. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou ao g1 que Marconi Vieira deu entrada nesta quinta (5) na Penitenciária de Patrocínio.

A reportagem do g1 ainda afirma que o vereador Marconi é conhecido no meio policial e tem passagens por furto, falsidade ideológica e receptação, mas esteve preso somente uma única vez, em março de 2021, quando passou apenas uma noite na cadeia.

A defesa do vereador respondeu ao portal g1 sobre o caso. Em nota, ele afirma que provará sua inocência e terá sua liberdade restabelecida. 

Carga de café foi encontrada em caminhonete

Na quarta, durante uma operação na zona rural, os policiais receberam uma denúncia anônima de que o vereador e outros suspeitos estavam vendo café furtado em uma marcenaria no Bairro Flores. 

Os militares foram até o local e encontraram o café em um caminhonete. Abordados, o vereador e os outros três homens apresentaram versões diferentes sobre a origem do produto e foram detidos. 

Os militares também procuraram as vítimas, que confirmaram que as sacas foram furtadas da propriedades delas. O café foi devolvido para os produtores. 

O que diz a defesa

“A defesa do Vereador Marconi Vieira Alcantara repudia a perseguição policial e política que seu cliente vem sofrendo. O ilícito imputado ao vereador é fruto de uma armadilha montada para incriminá-lo por atos os quais não realizou. O Sr. Marconi é querido por toda cidade de Serra do Salitre, está em seu segundo mandato de vereador e assim sendo, foi escolhido pelo povo, em razão de seu trabalho, honradez e dedicação à sociedade. O vereador Marconi provará sua inocência e a sua liberdade será restabelecida, sendo usado por sua defesa todas as ferramentas jurídicas aplicáveis ao caso. Reitera, vez mais, que ao final será provada toda a perseguição política e policial que vem sofrendo e, principalmente, a sua inocência”.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
O indignado
22 dias atrás

Jo

mais artigos