Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioCidadeZema anuncia corte de 16% para 9% no ICMS sobre o etanol;...

Zema anuncia corte de 16% para 9% no ICMS sobre o etanol; veja a média de preços de João Pinheiro

Imposto sobre o combustível passará de 16% para 9%, informou governador

Publicado em

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou na manhã desta segunda-feira (18) corte de 7% no ICMS sobre etanol. Em post no Twitter, Zema disse que a redução entra em vigor a partir desta segunda-feira (18).

Publicidade
Sicredi - Unidade inaugurada em João Pinheiro

“O ICMS do etanol em Minas passará de 16% pra 9%, a partir de hoje. Além de seguir aliviando o bolso dos mineiros, a redução do imposto manterá a competitividade do biocombustível, importante gerador de empregos em nosso Estado”, escreveu.

Em nota, o sindicato informou, que o impacto previsto com a redução do ICMS do etanol para 9% será de aproximadamente R$ 0,35. Entretanto, destaca que “a redução total depende da forma como as distribuidoras irão repassar a queda para os postos que, por sua vez, irão transmitir a redução para o preço final da bomba.”

Publicidade
Dione Motos em João Pinheiro - Pneus de qualidade

Na gasolina, de acordo com o Minaspetro, as companhias realizaram o repasse de forma gradativa e o desconto completo (impostos federais zerados e queda de 18% do ICMS) já foi repassado. De acordo com a categoria, é importante que as usinas produtoras de etanol entendam “o bom momento” vivido pela tributação dos combustíveis em Minas e “tenham a sensibilidade de perceber a excelente oportunidade de tornar o combustível de cana mais competitivo na bomba, frente à redução do ICMS da gasolina, anunciado no início do mês.”

Federal

Recentemente, o governo federal decretou a isenção da cobrança de impostos federais como PIS/Cofins e Cide sobre a gasolina. A PEC dos Combustíveis aprovada no Congresso Nacional estabeleceu um teto de 18% na cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nos combustíveis, provocando queda nos valores do combustível pelo menos até de dezembro.

Publicidade

Levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), feito na semana de 10 a 16 de julho, registra variação de 34,7% nos preços da gasolina nos postos de combustível de Minas. O preço mais baixo encontrado foi de R$ 5,19 e, o mais caro, R$ 6,99. Na média, o litro da gasolina sai a R$ 5,89 em 551 postos verificados.

Especificamente na cidade de João Pinheiro, o último levantamento realizado pela ANP entre os dias 10/07 a 16/07 mostrou que o preço médio do etanol era de R$4,75. O mais caro era R$4,79 e o mais baixo R$4,69, com desvio padrão de R$0,05.

Publicidade

Já a gasolina foi comercializada no mesmo período em questão, segundo a ANP, pelo preço médio de R$6,05, sendo o mais baixo R$5,95 e o mais alto R$6,19.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Irônico
25 dias atrás

Véspera de eleição é ótimo p iludir os cegos! Eles não enxergam q durante 3 anos os impostos dos combustíveis só subiram e AGR faltando 4 meses p eleição é só abaixar q os alienados votam! Ainda bem q tem MTS inteligentes q não caem mais no conto do vigário! Acorda dorminhocos ou então em novembro já sentirão os aumentos de 80% de novo!

Jonny
24 dias atrás

Vamos ver se o quartel aqui baixa o preço, o MP aqui é ausente nas fiscalizações bem como o PROCON, todo mundo omisso.

Publicidade

mais artigos