InícioCidadeA uma semana do fim do contrato, ANTT e Via 040 negociam...

A uma semana do fim do contrato, ANTT e Via 040 negociam prorrogação de concessão

Enquanto prazo final do contrato se aproxima, ANTT e Via 040 se encontram em busca de consenso sobre a BR-040, rodovia que conecta Belo Horizonte a Rio e Brasília

Publicado em

Em um cenário de incertezas quanto ao futuro da gestão da BR-040, rodovia que liga Belo Horizonte ao Rio de Janeiro e Brasília, a Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e a concessionária Via 040 buscam um acordo. A proposta em discussão visa à prorrogação do contrato de concessão da rodovia por um período de seis meses.

Na última quinta-feira (10), em meio às negociações apertadas – tendo em vista que o contrato atual tem data para terminar em 18 de agosto -, representantes da empresa e da esfera pública se reuniram na Justiça Federal, em Belo Horizonte. Ainda que oficialmente não se confirme um acordo, a situação da rodovia ainda está pendente. Para tratar da questão, uma nova audiência está prevista para o dia 16 de agosto.

Informações de bastidores indicam que a Via 040 alega ter sofrido prejuízo de cerca de R$ 1 bilhão sob os termos atuais do contrato, o que justificaria uma revisão dessas cláusulas em uma eventual prorrogação.

No entanto, o objetivo do governo federal, nessa fase de transição, é estender o contrato até que seja realizada a relicitação do trecho entre Belo Horizonte e o Rio de Janeiro, prevista para fevereiro do próximo ano.

Embora a ANTT mantenha discrição sobre os detalhes das negociações, fontes próximas ao caso, consultadas pela reportagem da Itatiaia, reforçam que a tendência é de que se acorde a prorrogação do contrato.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Galo Doido.
10 meses atrás

Resumindo, a empresa continuará lucrando e não fazendo nada em benefício a população que usa a rodovia da morte. Simplesmente roubo no bolso do povo brasileiro.🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬☺️