Acusado de matar o irmão é absolvido por júri popular em João Pinheiro

Conselho de sentença acolheu a tese de legítima defesa alegada por advogado do réu

Em sessão do júri ocorrida na última quarta-feira (29) o conselho de sentença, por maioria dos votos, optou pela absolvição de Marcos Luiz e Silva. Marcos era réu em processo que apurava a morte de seu irmão, Darci Luiz e Silva, que tinha 58 anos de idade a época dos fatos. O caso ocorreu no ano de 2017.

A informações obtidas pelo JP Agora foram apuradas com testemunhas do fato e da sessão do júri. A tese levantada pelo advogado Leonardo Vasconcelos foi de que Marcos Luiz agiu em legítima defesa quando matou Darci Luiz. Testemunhos, documentos e imagens de câmeras de segurança corroboraram com a versão dos fatos apresentadas pela defesa fazendo com que a maioria dos jurados votassem pela absolvição do réu.

Durante a sessão do tribunal do júri ficou evidente que a relação dos irmãos era de constantes animosidades e divergências. Os feitos, davam conta de que houve diversas ameaças e tentativas de morte efetuadas por Darci Luiz contra seu irmão Marcos Luiz .

Publicidade
Colégio Darcília Coímbra João Pinheiro - Matrículas Abertas

A defesa do réu apresentou aos jurados, cópias de ocorrências registradas pela Polícia e processos que apuravam as constantes discussões dos irmãos. Dentre os registros, destaca-se a ameaça de morte com utilização de arma de fogo feita no ano de 2005 e a tentativa de assassinato ocorrida no ano de 2016, todas com autoria atribuída a Darci Luiz contra Marcos Luiz. No ano de 2016 em uma discurssão , Darci pegou uma faca para matar Marcos , a mãe dos irmãos chegou a intervir fisicamente para que o pior não ocorresse, fato que foi testemunhado pela empregada que trabalhava na residência.

Ao final do julgamento, Marcos Luiz e Silva foi absolvido.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias