Aeronave que caiu na zona rural de João Pinheiro passou por outro acidente em 2010; piloto tinha 37 anos

Jones Gabrielczyk era piloto licenciado pela ANAC desde 2008

O acidente aéreo com um avião monomotor pulverizador que aconteceu na zona Rural de João Pinheiro tirou a vida do piloto Jones Gabrielczyk, de 37 anos. Ele era piloto certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) desde 2008. A aeronave já havia se envolvido em um outro acidente aéreo no ano de 2010.

O acidente aéreo aconteceu na manhã desta quarta-feira na fazenda Tapera, que fica próximo ao km 186 da BR040. O piloto Jones Gabrielczyk estava fazendo serviços de pulverização agrícola aéreo na lavoura de cana-de-açúcar e soja existente na fazenda.

O motivo da queda ainda é incerto. Após o acidente, o Corpo de Bombeiros foi acionado. Segundo o Tenente Tolentino, o piloto já se encontrava sem vida quando a equipe chegou ao local o corpo estava preso às ferragens e fuselagem do avião.

Publicidade
Farmacia Pinheirense 970x250 1

Jones era piloto licenciado pela ANAC e possuía autorização para pilotar aeronaves em voos particulares ou comerciais e também era sócio na empresa Fox Aeroagricola LTDA.

A aeronave registrada como PT-FFD, modelo A188B, fabricada em 1976 pela Cessna AirCracft, estava devidamente licenciada e sua situação na ANAC era regular. O referido avião se envolveu em um acidente anterior no ano de 2010.

Segundo um documento do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), em 14 de novembro do ano de 2010, a aeronave prefixo PT-FFD se envolveu em um acidente aéreo ao atingir um fio de energia no município de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Na época, o piloto se feriu levemente e a aeronave ficou bastante danificada.

“Durante voo de pulverização agrícola, a aeronave colidiu contra fios de transmissão de energia elétrica, vindo a chocar-se contra o solo. A aeronave teve danos graves”

À época, o CENIPA concluiu que o planejamento de voo e a pilotagem corroboraram para o acidente.

Já no caso ocorrido em João Pinheiro, as circunstâncias do acidente serão investigadas pela Força Aérea Brasileira (FAB) que, de acordo com o Tenente Wellinton Tolentino Pacheco, militar do Corpo de Bombeiros que participou das atividades, enviará uma equipe que chega ainda nesta quarta-feira à cidade. “Nos informaram que estão a caminho via helicóptero”, disse à reportagem. O local do acidente continua isolado.

No registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave está registrada na empresa Lusa Aviação Agrícola, sediada em Pelotas, no Rio Grande do Sul. O Cessna Aircraft, modelo A188B, fabricado em 1976, está regular de acordo com o registro na Anac. Tolentino explicou que, quando os bombeiros chegaram no lugar da queda, a aeronave estava com o bico dentro da terra e, o piloto, sem vida.

A reportagem do jornal O TEMPO conversou com um dos proprietários da empresa gaúcha. Perguntado sobre o acidente, ele disse que não estava sabendo de nenhum incidente com aeronaves da empresa. Quando questionado sobre a matrícula do monomotor acidentado em João Pinheiro, o empresário, que pediu para não ser identificado, afirmou que vendeu há cerca de 20 dias o modelo para uma empresa do ramo agrícola em Minas Gerais.

3 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
TAMBÉM PODIA - QUERIA O QUÊ?
10 dias atrás

UAI GENTE.

UM AVIÃO QUE COMEÇA COM A SIGLA“PT”.

SEGUIDO DE FFD“. FABRICADO EM 1976.

FOI FONDO, FOI FONDO, FOI FONDO, ATÉ QUE NÃO DEU MAIS.

Herbert
11 dias atrás

Na outra matéria disse que o avião era sucateado e 16 votaram negativo, ta vendo, quem ta com a razão agora

Enquete
10 dias atrás
Resposta para  Herbert

O CENIPA periciou hj e não concluiu isso, mas com ctz vc entende mais do assunto…

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias