Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioDestaqueAmeaça de massacre em escola de Patos de Minas mobiliza PM, mas...

Ameaça de massacre em escola de Patos de Minas mobiliza PM, mas foi brincadeira de aluno

O aluno que escreveu a mensagem tem 11 anos. Ele viu um vídeo no YouTube e decidiu deixar a mensagem no banheiro da escola como uma trolagem

Publicado em

Uma ameaça de massacre em uma escola estadual de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, mobilizou a Polícia Militar nesta terça-feira, 25 de outubro. Em uma mensagem escrita no banheiro foi marcado um massacre para a data.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Nesta quarta-feira (26 de outubro) foi descoberto que a mensagem foi escrita como uma brincadeira por um dos alunos da instituição. Por causa do episódio, a Polícia Militar esteve na escola e fez rondas no entorno da unidade de educação. Não houve nada fora da normalidade no local.

O aluno que escreveu a mensagem tem 11 anos. Ele viu um vídeo no YouTube e decidiu deixar a mensagem no banheiro da instituição como uma trolagem. A criança não tem histórico de violência na escola e não teria motivações para colocar o recado em prática. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui
FonteO Tempo

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Justiça
30 dias atrás

Pode olhar as rede sociais dos pais! São todos de esquerda. Não existe rigor, pudor, ou comprometimento com a paz na casa de um esquerdista.

mais artigos