Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeApós reclamações, câmeras instaladas nos banheiros de escola estadual foram desativadas em...

Após reclamações, câmeras instaladas nos banheiros de escola estadual foram desativadas em João Pinheiro

As câmeras funcionaram por poucos dias, até que as reclamações chegaram ao conhecimento da inspetora de ensino da cidade

Publicado em

O site JP Agora recebeu, nas últimas semanas, diversas reclamações vindas de alunos da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves apontando para a instalação de câmeras de vigilância dentro dos banheiros da escola. A situação incomodou, também, vários pais em razão da suposta quebra de privacidade que as câmeras proporcionaram aos usuários dos banheiros. Nossa equipe de reportagem, então, entrou em contato com a direção da escola, com a inspetoria municipal de ensino e com a superintendência regional para entender melhor a necessidade da vigilância nestes locais.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A diretora da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves não quis gravar entrevista com nossa reportagem. Então, entramos em contato com Maria Helena, inspetora de ensino em João Pinheiro, e com Marcelle, da superintendência regional de ensino, sediada em Paracatu. As duas profissionais da educação ressaltaram a necessidade das câmeras em função do comportamento inadequado de alguns alunos que utilizam da privacidade do banheiro para fazerem uso de bebida alcoólica e até mesmo de drogas ilícitas.

Apesar de ter apontado a necessidade das câmeras, Maria Helena afirmou à redação do JP Agora que soube da instalação através de uma mãe, a qual entrou em contato diretamente com a inspetoria para reclamar da situação. No mesmo dia, então, Maria Helena compareceu na escola e presenciou a diretora se comprometendo a desativar as câmeras. Ela também ressaltou que as câmeras não filmavam os boxes, mas, mesmo assim, foram desativadas.

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

“Recebi um telefonema de uma mãe e compareci na escola, conversei com a diretora e ela me falou que iria desativá-las. As câmeras não filmavam dentro dos boxes, só no corredor entre o box e as pias. Mesmo assim, foram desativadas no dia 05 de julho. O pessoal reclamou para mim e compareci no mesmo dia. Eu vi pessoalmente que realmente não tinha visão dentro do box, mas foram desativadas. As câmeras foram instaladas porque haviam alunos fumando dentro dos banheiros e não só cigarro. O aluno sabendo que tinha uma câmera não ia repetir aquela situação, essa era a intenção, segundo a diretora” disse Maria Helena, inspetora de ensino à reportagem do JP Agora.

A superintendente regional de ensino ressaltou ao repórter do site que decisões que implicam em modificações no corpo escolar como um todo, como a instalação de câmeras em banheiros para coibir ações ilícitas nestes locais, são tomadas pelo colegiado, o qual é composto por representantes de todas as classes, incluindo alunos, pais, professores e a própria direção da escola. Apesar de não ter afirmado com certeza de que a instalação foi decisão colegiada, Marcelle destacou que muito provavelmente a decisão foi consensual entre toda a unidade escolar.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

“Isso serve para preservar o próprio estatuto da criança, que estipula que a escola deve preservar a integridade do aluno, educar, formar, então se é uma ação que a escola verificou que precisava para combater o tabagismo, por exemplo, não vejo nenhum problema, muito pelo contrário. Acho que temos que apoiar este tipo de ação porque cada vez mais jovens estão fumando, bebendo, enfim. É uma ação preventiva. Normalmente, essas ações são decididas pelo Colegiado, que é representado por pais e todos os seguimentos da unidade escolar. Provavelmente isso deve ter sido decidido pelo colegiado. Se a comunidade não concorda, ok, vamos tirar. A informação de que já foram desativadas procede” destacou Marcelle, superintendente de ensino.

Como a diretora da E. E. Tancredo de Almeida Neves não quis se pronunciar oficialmente, o JP Agora não conseguiu apurar se, de fato, a instalação das câmeras foi decidida pelo colegiado e se haviam alunos fazendo uso de álcool, tabaco ou drogas no interior dos banheiros. O site se coloca à disposição para maiores esclarecimentos.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
11 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Eita mundo complicado
4 meses atrás

Vejo com bons olhos a preocupação da direção da escola e do colegiado em tentar manter maior visibilidade possível em todas as partes da escola visto que as câmeras não estão tirando a privacidade de quem usa o banheiro, pois não filma os Boxes, acho um exagero tais reclamações.
Parabéns a escola pelo zelo ,compromisso e transparência nas ações.

Mari
4 meses atrás

Quando algum aluno for agredido, estuprado,ou morto no banheiro, vc vão ver a falta que faz o monitoranento. vcs lembra um caso antigo de um menino acho que tinha 10 anos no banheiro masculino da escola caic, que na época diz ter sido estuprado por outros menino! Teve essa reportagem aqui no jp ,ai depois a escola falou que isso fato não aconteceu ,e nesse casos que uma câmera faz toda
diferença ninguém sabe o que relmente aconteceu no banheiro no caic ,mas todo mundo sabe que lá alguma coisa aconteceu .

Demorô
4 meses atrás
Resposta para  Mari

Concordo! Sabemos de muitos exemplos negativos em outras escolas em diversos lugares. Tenho certeza que tudo que foi feito, foi exatamente pensando na segurança, tranquilidade e bom êxito da escola, Não podemos fechar os olhos para os grandes desafios da educação. As pessoas que denunciaram realmente estão preocupadas com o bem estar dos alunos, da escola ou estão fazendo só para tentar desestruturar.

Publicidade
Jhool
4 meses atrás

Tem que identificar os noias e relatar aos pais porque muitos adoram que seus filhos viram noias

Demorô
4 meses atrás

Pq será que está aparecendo as manguinhas desfazendo dos outros. Falando mal da escola?!
Coisa feia, né! Ninguém é bobo não! Todos lembram da escola a uns quatro anos atrás, da ingerência, fechamento de turmas, prejudicando alunos da zona rural. Peraí ninguém tem memória curta aqui na comunidade não! A escola é um bem comum, todos lutando por melhorias, juntos. Se quer que seja bagunça procura outro lugar, se é que tem algum lugar que aceita a hipocrisia, né! 👀

Publicidade
Euzinha
4 meses atrás

Nada como um dia após o outro, aqui se faz, aqui se paga senhorita Flávia, o inferno que você fez na vida dos outros, vai voltar o dobro pra você. NADA AOS OLHOS DE DEUS PASSA BATIDO.

Eita mundo complicado
4 meses atrás
Resposta para  Euzinha

Vergonhoso o nível de alguns…
A escola é tão bem cuidada, nunca vi uma equipe tão educada e disposta a resolver as situações como dessa escola, a gente sente bem recebido, a gente vê o amor que se tem pela escola, agora quem não quer nada com a vida, não tem compromisso, realmente não vai gostar da escola não.

Demorô
3 meses atrás
Resposta para  Euzinha

Nossa! Quanta infantilidade de sua parte… Enquanto deseja o mal a outrem, a carruagem passa…
Cuide de seu jardim, plante flores!

Fala serio
4 meses atrás

Se não filmava os box então deveria ter colocado direcionado para quem entra e sai do banheiro e não no banheiro em si.
No mínimo essa diretoria deveria ser afastada e investigada.
Bons tempos quando Lina Mara era diretora Escola Tancredo Neves.
Foi uma administração ímpar, com respeito…
Lina com seu profissionalismo transformou a escola, colocando-a a nível de escola referência.
Infelizmente o que se viu depois de sua gestão foi um verdadeiro fiasco.

Jhool
4 meses atrás
Resposta para  Fala serio

Afastar a direção por querer inibir onuqo de drogas e quantas outras coisas mais acontecem aí depois que o mal acontece não adianta ficar babando

Publicidade
Raissa jf10
4 meses atrás

vcs estão doidos nessa escola so trabalha doido isso é crime, tinha que afastar essa diretora e intervenção do ministério público

mais artigos