InícioCidadeBandidos armados invadem fazenda e agridem idoso com deficiência para roubar dinheiro...

Bandidos armados invadem fazenda e agridem idoso com deficiência para roubar dinheiro e caminhonete em PO

Vítimas não reagiram, mas os criminosos agrediram e amarraram o idoso, que tem deficiência mental e ficou bastante nervoso durante o crime

Publicado em

Criminosos armados invadiram uma propriedade rural localizada na região da Vitrine, em Presidente Olegário, na noite da última terça-feira, 03 de janeiro. No local, vive uma família composta por uma mulher de 56 anos, um idoso de 66 com deficiência mental e uma criança de 04, os quais sofreram momentos de tensão nas mãos dos três bandidos que fugiram levando dinheiro e uma caminhonete. Até o momento, ninguém foi preso.

Segundo apurado pelo JP Agora, a propriedade rural em questão fica localizada às margens da BR-365. Um dos indivíduos chamou no portão da casa alegando estar perdido e a mulher chegou a desconfiar, ligando para uma vizinha. No entanto, antes que pudesse concluir a ligação, os outros dois a abordaram já dentro de casa, tomando o celular de suas mãos.

Começava ali o que nenhuma família desejava. Foram momentos difíceis porque o idoso, de 66 anos, é portador de deficiência mental e ficou bastante abalado com a situação. Então, sem qualquer tipo de compaixão, os criminosos, que estavam armados, agrediram e amarraram a vítima, colocando-o em um quarto sozinho. Apesar de rendida, a mulher tentou acalmar os ladrões, explicando da situação do idoso, mas não adiantou.

Foi apurado, ainda, que os criminosos vasculharam toda a residência e fugiram levando R$1.9000,00 (um mil e novecentos reais) em dinheiro, assim como a caminhonete da família, uma S10 ano 2013, de cor branca e placas OQF-5075, emplacada em Patos de Minas. Depois que os ladrões foram embora, as vítimas conseguiram pedir socorro e a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram ao local.

A família foi atendida pelos bombeiros. De posse das informações, forças policiais de Presidente Olegário, Patos de Minas, Varjão de Minas e São Gonçalo do Abaeté iniciaram intensos rastreamentos na região para encontrar os criminosos. No entanto, até o fechamento da reportagem, ninguém havia sido preso. Qualquer informação deve ser repassada imediatamente à polícia.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
cidadão pinheirense
26 dias atrás

Por favor PMMG, cancele esses cpf’s. Almas sebosas, não merecem estar em convívio natural… E o lixo humano que se tornou presidente quer desarmar a população para deixar só esses lixos armados por ai… A presidencia é reflexo desses….

BonecoAssassino🤯
26 dias atrás

Meu povo não vamos perdoa ladrão e raça do capeta. Comecem a matar eles que tudo se resolve… A regra e essa olho por olho dente por dente.

mais artigos