Caminhoneiros de Minas Gerais confirmam adesão à greve prevista para novembro

Categoria está revoltada com o preço do diesel e pede melhores condições de trabalho

Revoltados com a alta no preço dos combustíveis, principalmente do diesel, caminhoneiros que circulam por Minas Gerais confirmam adesão à greve prevista para 1º de novembro. A manifestação é programada em meio a exigências de valor mínimo para o frete, aposentadoria especial (25 anos de contribuição ao INSS) e mudança na política de preços da Petrobras.

A reportagem da Itatiaia conversou com caminhoneiros autônomos que dependem do óleo diesel para trabalhar. Eles reclamam dos constantes aumentos no valor do combustível. Alguns afirmam que o contratante desiste do serviço ao fazer o orçamento devido ao valor do frete.

“Estamos praticamente parados porque o frete acabou e o óleo está muito caro. Não tem condição mais de pegar fretes. Revolta mesmo porque não tem condição mais de trabalhar aqui. Então é parar mesmo”, afirmou Paulo Silva.

Publicidade
Colégio Darcília Coímbra João Pinheiro - Matrículas Abertas

O motorista Edson Luiz Campos também narra dificuldade. “Sempre falam que vão reduzir o preço do diesel, mas ele sobe cada vez mais. Está difícil. Tentamos fazer o que podemos”, alegou.

As empresas transportadoras também passam por situação difícil durante a instabilidade no valor do combustível, conforme Gladstone Lobato, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de Minas Gerais.

“Não estamos falando só de caminhões. Estamos falando de ônibus, navio, tudo que move o país. E a consequência dessas altas será refletida para o consumidor final. Não tem como sustentar”, afirmou.

4 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João
1 mês atrás

Greve tirar direito dos outros deveria ser descontado, fica em casa encosta o caminhão, descanso merecido, se todos fizerem isso da resultado

Realidade
1 mês atrás

Essa greve de caminhoneiros já tá virando piada

Revoltado
1 mês atrás

Caminhoneiro e tudo pau no (removido)!

Quando aumentam 20 centavos ficaram quase um mês parado, agora mais que dobrou o preço de tudo e os caras tava era lambendo o (removido) do presidente Bolsonaro.

Da primeira vez levei até lanche, mas dps vó que os caras tão de lichando para o povão.

brasileiro
24 dias atrás

Está luta não é só dos caminhoneiros,tudo fica mais caro pra chegar a mesa ,devido os gastos logísticos
O povo precisa entender isso ,acredito que o governo pode melhorar está situação dos brasileiros
O Brasil não quer parar ,
Quer seguir em frente
Mas infelizmente não é greve que vai interromper este processo, e a própria circunstância que estamos enfrentando ,se não houver melhoria
Não compensa ,não vao conseguir prosseguir neste caminho,vai parar mesmo por falta de peças, de pneus ,de saúde, de alimento ,de combustível….
😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias