Jovens desamarram cavalo possivelmente vítima de maus tratos em João Pinheiro

Animal estava com as patas dianteiras amarradas em um lote vago na Rua Lindolfo Carneiro

Dois jovens que passavam pela Rua Lindolfo Carneiro na madrugada do último sábado (16) soltaram um cavalo que estava com uma corda amarrada às patas dianteiras. A atitude foi tomada em razão dos indícios de que ele sofria maus tratos. A ação foi registrada em vídeo e os dois preferiram não se identificar.

A dupla entrou em contato com a redação do JP Agora para que uma reportagem fosse feita sobre o assunto como forma de conscientizar e alertar a população para a ocorrência de maus tratos contra os animais. O cavalo estava amarrado com uma corda bastante apertada nas patas dianteiras, o que causou, inclusive, um ferimento no local.

“Eu e meu amigo encontramos um cavalo na madrugada de ontem com as patas amaradas na rua do sindicato e fizemos um vídeo tirando as cordas. Vocês podiam fazer uma matéria para denunciar os maus tratos. Uma das patas estava machucada porque as cordas estavam apertadas. Queria que vocês publicassem pra conscientizar as pessoas, pois aquilo é muita covardia” contou o jovem, que preferiu não se identificar, ao repórter do JP Agora.

Os dois jovens não acionaram a Polícia Militar para registrar uma ocorrência. O dono do animal, se identificado, pode responder por maus tratos.

Publicidade
Barca de Churrasco - Dom Churrasco - Valor R$ 60,00

2 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Capitão do exército
1 mês atrás

Estercávamos fica sempre ali amarrado, morro de dó, mas soltá-lo na rua pode ocasionar até um acidente, deveriam ter acionado a polícia ambiental. O dono tem que ser punido, criando o animalzinho encima de uma calçada, verdadeiro mostro para não falar coisa pior.

Pé de cana
1 mês atrás

Isso já é velha prática dele….. Mora lá do lado do Fernando pinheirao ….esse senhor faz isso direto com esse cavalo……ele sai pulando na rua com as duas ….patas dianteira…..faz dó

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias