Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeCaso Andreza: dentista emite nota e explica atendimento a paciente com deficiência...

Caso Andreza: dentista emite nota e explica atendimento a paciente com deficiência física em João Pinheiro

Dr. Luis Carlos disse que, diferentemente do título da reportagem, não recusou atendimento à paciente

Publicado em

O JP Agora noticiou, no dia 17 de fevereiro, a reclamação de uma mãe contra o atendimento recebido no PSF do Bairro Santa Cruz pelo dentista Dr. Luis Carlos. Ela alegou que o profissional recusou atender sua filha por ela ser deficiente.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

O caso foi divulgado pelo JP Agora no mesmo dia e dividiu opiniões pela cidade. A maioria dos que se manifestaram saiu em defesa do dentista e o site lhe concedeu espaço para exercer seu direito de resposta. Antes de divulgar a nota, o JP Agora esclarece, por oportuno, que a matéria foi produzida baseada, além do depoimento da mãe, no teor do relatório entregue pelo próprio profissional à mãe de Andreza.

Na nota enviada à redação do site, o Dr. Luis Carlos mostrou revolta quanto ao título da matéria e relatou que jamais passou por situação semelhante em 30 anos de carreira.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

“Venho através desta nota esclarecer os fatos ocorridos no consultório odontológico do posto de saúde do bairro Santa Cruz/João Pinheiro-MG que, na manhã do dia 17/02/2022, sem que eu tenha sido previamente ouvido, foram vinculados nas redes sociais como ‘Dentista público recusa atendimento a paciente por conta de deficiência física […]’. Meu nome é Luis Carlos, trabalho para o município a mais de 30 anos, e nestas três décadas ininterruptas de serviços prestados jamais cometi qualquer ato que desabonasse minha vida profissional. Sempre procurei atender a todos indistintamente com presteza e dedicação dentro daquilo que sou capaz e que as condições me permitiam” iniciou Dr. Luis na nota.

Sobre o caso de Andreza, o dentista esclareceu que não recusou atender Andreza, mas sim, não se sentiu capacitado o suficiente para continuar os procedimentos e, por isso, interrompeu o que já havia começado.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

“Sobre o ocorrido no consultório, saliento que em momento algum me neguei a atender a paciente Andreza. Como relatado pela própria mãe, tentamos realizar o procedimento em questão sem anestesia, visto que o mesmo me concedia esta possibilidade. A paciente possui um comprometimento de saúde que causam movimentos involuntários. Diante da situação do procedimento que seria realizado posteriormente, optei por tentar aplicar uma anestesia local, mas devido aos movimentos involuntários realizados pela paciente, considerei que o procedimento era muito arriscado naquela situação Então, com o intuito de preservar a integridade física da paciente, informei à mãe que iria interromper o procedimento pois não me considerava apto a realizá-lo diante das circunstâncias.” Ressaltou o profissional, assim como o JP Agora havia pontuado na reportagem.

Dr. Luis Carlos seguiu explicando sobre o procedimento. “Quero destacar aqui que, em momento algum, disse à mãe que deveria tratar sua
filha sob anestesia geral, mas sim que talvez uma sedação viabilizaria o atendimento. Sedação é um procedimento comumente utilizado na odontologia, com o objetivo de reduzir estresse, medo, ansiedade, entre várias outras situações.”

Publicidade

O dentista disse, ainda, que entende a decepção da mãe e contou que se dispôs a pagar o tratamento de Andreza aos profissionais que já a atendiam. “Entendo perfeitamente a decepção da mãe ao ver que suas expectativas em relação ao atendimento de sua filha não foram supridas, frustração esta que também senti por não conseguir realizar o procedimento, tanto que ao ser informado pela mãe que sua filha fazia tratamento com dentistas particulares, mas que por motivos financeiros havia suspendido, propus que procurasse o profissional que a atendia e que eu, com todo prazer, ajudaria a custear as despesas do tratamento. Infelizmente me parece que a mãe achou melhor denegrir a imagem do profissional que não se sentiu apto a realizar os procedimentos em sua filha naquelas circunstâncias. Esta é a realidade dos fatos.”

Ao final, Dr. Luis Carlos agradeceu o apoio que recebeu quando a matéria foi divulgada. “Àqueles que me conhecem minimamente sabem que eu seria incapaz de negar atendimento a alguém, principalmente se tratando de um paciente com necessidades especiais. Agradeço as manifestações de apoio daqueles que me conhecem, congratulo-me com aqueles que mesmo não me conhecendo tiveram o cuidado de analisar a matéria antes de se posicionarem e, àqueles que me criticaram antes de ouvir os dois lados, espero que não passem pela mesma situação de julgamento antes de conhecerem a realidade dos fatos. Lembrem-se sempre que além de profissionais, somos seres humanos, possuímos nossas limitações e nem sempre conseguimos realizar tudo que esperam de nós.”

Publicidade

Confira, a seguir, a íntegra da nota enviada pelo Dr. Luis Carlos.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
12 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Fulano
9 meses atrás

Vcs do JP agora são péssimos!

Pinheirense
9 meses atrás

A verdade sempre prevalecerá!

Esse é o verdadeiro odontólogo, Dr.Luis Carlos . Sempre atento as necessidades dos clientes, educado, prestativo, humano, sincero.
Nunca tive dúvidas de que a matéria anterior trazia fatos irreais.
Grande profissional! Deus o abençõe e proteja sempre,🙏🙏🙏

Publicidade
Grato
9 meses atrás

O site JP virou uma máquina de destruir reputação de indivíduos, aqui o site voltado para fofocas! eles pegam BO da polícia Militar e divulgar tudo! Não tem o mínimo de respeito aos envolvidos que procuram um serviço público. O pior ninguém toma providências quanto a essa avalanche de destruição de imagens. E só fazer um histórico das postagens que verão! não se trata de informação e sim difamação e condenação de terceiros ao público em geral. Hoje me sinto até desconfortável em chamar no 190 sobre uma perturbação de sossego pq sei que no dia seguinte vai estar vinculada… Leia mais »

Capitão do exército
9 meses atrás

Ficou mais feio ainda depois de ter publicado a nota é esse tanto de comentário da família. Acho é graça!

Publicidade
Adriano Rocha
9 meses atrás

Quero parabenizar o Dr Luis Carlos, pois sempre que precisei dele, me atendeu com o maior prazer, sempre prestativo e atencioso com seus pacientes. Obrigado Adriano Rocha.

Jp01
9 meses atrás

👏👏👏👏

Publicidade
Ciclano
9 meses atrás

Se um profissional NÃO se sente capaz, ele teve seguir o atendimento mesmo colocando a vida da paciente em risco?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Vanilda
9 meses atrás
Resposta para  Ciclano

Conheço Dr Luiz Carlos é meu dentista e da minha filha .É um excelente profissional .Eu acho que jamais ele é capaz de descriminar um ser humano . Só pelo relato da mãe o JP não poderia ter publicado esta matéria porque ficou bem claro que ele foi muito gentil em todos os momentos. Esse JP tinha.que analisar melhor os fatos para não prejudicar tantos ser humanos que estão prejudicando.

Minha opinião.
9 meses atrás

Não acredito nesse dentista, se tivesse falando a verdade teria procurado o site no mesmo dia, postado um vídeo ou uma nota no mesmo momento. Esperou, familiares e amigos comentarem andei favor para depois apresentar nota, nota que deve ter sido feita pensada, lida e relida para puxar para seu lado. Era melhor que ficado calado.

Falar até papagaio fala
9 meses atrás
Resposta para  Minha opinião.

Seu comentário é totalmente desnecessário, uma vez que não faz diferença pra quem conhece a vdd!

Só Observando
9 meses atrás
Resposta para  Minha opinião.

Pois eu acredito, história mal contada por essa senhora, também sou deficiência e sempre fui muito bem atendido nesse posto de saúde. Essa senhora está distorcendo os fatos, acredito que a recusa do dentista é pelo fato pelo local não ter as condições adequada para atender uma pessoa com as nesceciddade dessa menina que requer algo mas especializado já que ela possui movimento involuntário, nescesita de um consultório mais avançado para os procedimentos correto.

Everton
9 meses atrás
Resposta para  Minha opinião.

Genro fudido puxa saco detectado novamente

Publicidade

mais artigos