Publicidade
Contrato odontológico - OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioDestaqueCaso Brenda: acontece hoje o julgamento do homem acusado de tentar matar...

Caso Brenda: acontece hoje o julgamento do homem acusado de tentar matar jovem pinheirense no ano de 2015

Carlos Silva é apontado como autor de diversas lesões à jovem Brenda Borges Moreira em dezembro de 2015

Publicado em

Está sendo realizada, nesta quarta-feira (27), a sessão de julgamento de Carlos Silva, acusado de tentar matar com chutes, pontapés e de arrastar a sua então companheira Brenda Borges Moreira. O crime, ocorrido em 2015, ganhou destaque regional em razão da brutalidade das agressões. A reportagem do JP Agora entrevistou a vítima, com exclusividade. Confira a seguir.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A jovem Brenda foi encontrada desacordada na região conhecida como Prainha, distante cerca de 10 KM da cidade de João Pinheiro. Bastante ferida, ela foi transferida para Patos de Minas, onde ficou semanas internada e em coma no CTI. Recuperada, Brenda confirmou que havia sido brutalmente agredida pelo então namorado Carlos Silva.

As agressões começaram na residência da vítima no dia 20 de dezembro de 2015. Vizinhos chegaram a ouvir gritos de socorro, mas Brenda só foi encontrada horas depois pela polícia na Prainha depois de uma ligação anônima apontando para a localização exata. À época do crime, foi informado pela polícia que a jovem chegou a ser arrastada por uma corda amarrada a seu pescoço.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

Carlos Silva foi preso preventivamente somente em setembro de 2016 depois que agrediu novamente a vítima, que tinha fugido para ficar com o agressor acreditando que ele iria mudar. Ambos residiam em Vazante, onde ele foi encontrado e, depois, trazido à cidade de João Pinheiro. No dia da prisão, o delegado responsável pelas investigações contou à reportagem do JP Agora que não existiam dúvidas quanto a autoria e materialidade do crime.

Ainda na ocasião da prisão, o repórter do JP Agora também conversou com Brenda, que contou que resolveu acreditar que Carlos iria mudar e que foi encontrá-lo escondida da mãe poucos dias depois de sair do coma. Arrependida, ela clamava por justiça. Hoje, passados sete anos da tentativa de feminicídio, a jovem conversou novamente com a redação do site e contou que está recuperada e que segue aguardando por justiça.

Publicidade

“Hoje eu estou bem graças a Deus. Esquecer a gente nunca esquece, só quem passa sabe. Hoje graças a Deus eu estou bem, tenho dois filhos, estou bem casada. A justiça tarda mas não falha. Espero que ele pague porque não tem explicação o que ele fez comigo” disse Brenda à reportagem do JP Agora.

Em razão da gravidade das lesões causadas a Brenda, Carlos foi denunciado por tentativa de homicídio. A sessão do Tribunal do Júri se iniciou na manhã desta quarta-feira (27) e a previsão é de que se encerre ainda hoje. Preside o julgamento o Juiz de Direito José Henrique Mallmann. O JP Agora continuará acompanhando e trará novas informações em breve.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
5 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
D2
4 meses atrás

Carlos Silva foi preso preventivamente somente em setembro de 2016 depois que agrediu novamente a vítima, que tinha fugido para ficar com o agressor acreditando que ele iria mudar.

” COMO E QUE FAZ QUANDO A MALANDRA SE APAIXONA NO TRANQUEIRA”” KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

João sem olho
4 meses atrás

Kkk o caso nao é de rir. ”pouco depois de sair do coma voltou para o cara” kkkk ce ta doido

Publicidade
O problema
4 meses atrás

Se ele pedir perdão as vezes ela volta. Foge acreditando que ele será bonzinho

Abençoada por Deus.
4 meses atrás

Essa parte da história que a menina saiu do coma e fugiu com o boy eu não lembrava não.Aff! Amor inexplicável!

Publicidade
Valter
4 meses atrás

Gosta de apanhar… mulher de bandido

mais artigos