Colapso em toda a região: UTI de João Pinheiro atinge 90% de ocupação de pacientes com Covid-19

A informação foi confirmada pela superintendência através da chefe da regulação

O colapso da saúde pública que atingiu várias cidades da macrorregião onde João Pinheiro está inserida ganhou mais um agravante hoje: 9 leitos de UTI de João Pinheiro estão ocupados. E as cidades de Unaí, Paracatu, São Gotardo, Patos de Minas e hospitais particulares estão com 100% de seus leitos de UTI totalmente ocupados, segundo contou Gilberto Andrade, Secretário de Saúde, após confirmar com a chefe da regulação da superintendência regional.

Após a confirmação da vigésima morte por coronavírus, mais uma notícia triste para a população pinheirense e de toda a região. A UTI local atingiu 90% de sua ocupação, o que ainda não havia acontecido. O preenchimento total dos leitos agora é questão de tempo, já que isso aconteceu nas demais cidades da macrorregião.

A equipe do JP Agora entrou em contato com o Secretário de Saúde Gilberto Andrade para confirmar a informação e também para checar a possibilidade de abertura de novos leitos de UTI em um eventual hospital de campanha. Ele esclareceu que a abertura de leitos de UTI não é tão simples e que a estratégia que se mostra mais viável é buscar parcerias com hospitais particulares em razão da infraestrutura que eles já dispõem.

Publicidade
Supermercado Líder - Corrida Premiada

“Para abrir leitos de UTI tem que ter autorização. Vai além de ter os respiradores, precisa de uma infraestrutura, aprovação da vigilância sanitária, não é simplesmente alugar um galpão e por 10 leitos lá. Estamos vendo a possibilidade de cadastrar, talvez, um hospital particular.”

O Secretário comentou, ainda, que se utiliza escolas apenas para instalação de leitos clínicos, e não de leitos de UTI. Para os leitos clínicos, em João Pinheiro, ainda há vagas, segundo afirmou.

“Se o hospital encher de leito clínico, aí pode abrir em uma escola, mas uma UTI não. Estamos falando sobre leitos de UTI. Não posso abrir UTI no CCJP, o leito clínico pode, mas o clínico ainda tem vaga.”

Hospital São Lucas, de Patos de Minas, na luta contra o coronavírus

O Patos Hoje confirmou nesta terça-feira (09) que a Prefeitura Municipal de Patos de Minas, juntamente com o Estado de Minas Gerais, deverá credenciar 10 leitos de UTI e 20 leitos clínicos no Hospital São Lucas. Os espaços serão destinados a atender pacientes com Covid-19.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Patos de Minas explicou que os leitos não serão abertos no Hospital de Campanha porque não há espaço físico para ampliar a estrutura de atendimento na quantidade proposta pelo Hospital São Lucas, que são 10 UTIs e 20 enfermarias.

Ainda segundo a Ascom, esses leitos no São Lucas já estão previstos no Plano de Contingenciamento do Governo de Minas Gerais desde o início da pandemia de Covid-19 e, por isso, podem ser credenciados para receber recursos do estado.

Caso seja necessário complementar os recursos estaduais para manter os leitos ativos, a prefeitura entrará com o valor. Com relação ao valor e quando começarão a funcionar, o Patos Hoje entrou em contato com a administração do Hospital São Lucas e, na manhã desta quarta-feira (10), o diretor administrativo do Hospital São Lucas, Willian Nunes de Magalhães, se posicionou informando que a disponibilização desses leitos ainda depende da concretização de algumas tratativas acerca do financiamento do serviço.

3 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
valdina
11 meses atrás

Tanta burocracia para abrir novos leitos de UTI que quando finalmente abrir ja teremos perdido muitas vidas.

Lili
11 meses atrás

Meu Deus que tristeza
Mas lembrem Se Jesus te ama

Tião
11 meses atrás

E a enfermeira que está na UTI em Paracatu depois de ser imunizada, e não sabemos qual a vacina ela tomou.

Artigos relacionados

Últimas Notícias